fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Casal é preso suspeito de agredir filho adotivo 

Criança de oito anos está internada em estado grave na UTI 

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da redação
redacao@grupojbr.com

Neste domingo (8), um casal foi preso em flagrante suspeito de agredir o filho adotivo. A criança foi encaminhada em estado grave ao hospital, onde está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

O menino foi adotado há dois meses. O caso ocorreu em Londrina-PR. De acordo com a ocorrência, uma conselheira tutelar recebeu uma ligação do hospital dizendo que a criança estava sendo atendida no pronto-socorro e possivelmente tinha sido agredida. 

No hospital, a conselheira tutelar encontrou o menino com “marcas severas de agressão física, com indícios de tortura”, de acordo com o boletim de ocorrência. Então, a polícia foi acionada. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O médico que atendeu a criança, de acordo com o B.O, que perguntou aos pais adotivos como ela tinha adquirido os hematomas. O casal respondeu que deu “umas chineladas e palmadas” na criança. 

À polícia, os pais disseram que causaram os hematomas, com o “intuito de discipliná-lo”. Eles foram encaminhados à Central de Flagrantes. 

 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade