fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Casa de prostituição que explorava adolescentes e fornecia ‘cartão fidelidade’ é desativada

Duas mulheres e um homem foram presos

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Um corretor de imóveis de 52 anos e duas mulheres, de 30 e 31 anos, foram presos por suspeita de explorar sexualmente e favorecer a prostituição de mulheres e adolescentes. O trio foi localizado em uma casa usada como ponto de prostituição, onde as moças assinavam folha de ponto e os clientes tinham cartão fidelidade. 

O caso ocorreu em Manaus-AM.  A casa onde aconteciam os programas começou a ser investigada em novembro de 2019, após denúncias.

Segundo a polícia, 2 mulheres e três adolescentes – com idades entre 14 e 16 anos – foram encontradas no local. Oito homens estavam dentro da casa no momento em que a polícia chegou. Um deles, de 52 anos, foi preso logo após manter relações sexuais com uma das adolescentes. 

No local, a polícia apreendeu 17 celulares, duas máquinas de cartões, panfletos com propagandas da casa, uma caixa registradora, um livro com anotações dos programas, além de uma caixa de morfina.

As duas mulheres presas e apontadas pela polícia como proprietárias do local foram autuadas por manter casa de prostituição e favorecer a prostituição de adolescentes e adultos. Já o corretor de imóveis será autuado por exploração sexual de adolescentes.

 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade