Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Cão da PM-MG é aposentado após 10 anos de atuação

“É uma satisfação imensa ter podido contar com o Quasar, que sai honrado, com uma carreira brilhante”, afirmou o cabo Rafael

O Quasar, cão que atuava na Polícia Militar de Minas Gerais (PM-MG), se aposentou recentemente após atuar por 10 anos. O cabo Rafael Henrique Fagundes Soares, que atua nas Rondas Ostensivas com Cães (Rocca), falou sobre como foi trabalhar com o cachorro.

“É uma satisfação imensa ter podido contar com o Quasar, que sai honrado, com uma carreira brilhante. A carreira dele é como a de um policial militar que se entregou com muito amor à corporação. Ele não entende isso, mas nós, que trabalhamos com ele, entendemos. O coração fica apertado, claro, porque ele é um amigo nosso”, relatou Soares, ao G1.

O cabo relembra que os cães policiais são aposentados quando têm entre oito e 10 anos. Animais como o Quasar podem realizar o trabalho de 20 a 30 policiais e se destacam em razão da visão, audição e do olfato superiores.

Foto: PMMG/Divulgação

“O olfato canino é surpreendente, cerca de 50 milhões de vezes maior do que o do ser humano. Quasar treinou de forma constante, desde novinho, desde quando tinha 45 dias de vida. Justamente por isso foi utilizado em várias ocorrências e obteve bastante êxito. Recentemente, ajudou a prender autores que roubaram um celular e se esconderam em um matagal perto da Unimontes.”

O sargento Jairo Pires também faz parte da Rocca e trabalhou com o Quasar. Ele percebe que, de uns tempos para cá, o cão demonstra cansaço e quer ficar mais quietinho.

“Eu aprendi demais com ele. Ele sempre foi amigo e se dedicou como qualquer colega de farda. Ele está indo para a ‘reforma’ e, para nós, é como se fosse um policial militar. A gente sente orgulho grande ao notar que o Quasar serviu à PM por 10 anos com maestria e afinco. Vai fazer falta, muita falta. A gente se acostuma. Ele chegou a Montes Claros como um simples cachorro e se transformou em um ente querido. Eu olho e sei o que ele quer, ele olha e sabe o que eu quero. Sempre que o Quasar foi aplicado nas ocorrências, o resultado positivo veio.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar