fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Brad Williams arrecada R$800 mil pra levar garoto que sofreu bullying à Disney

Comediante e garoto vítima de bullying têm o mesmo tipo de nanismo, chamado acondroplasia. “É para quem sofreu bullying na vida e ouviu que não era bom o suficiente”, disse Brad

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O comediante Brad Williams conseguiu arrecadar R$ 800 mil reais para o Quaden Bayles, garoto de nove anos que sofreu bullying por ter nanismo.

“Isso não é apenas para Quaden, é para quem sofreu bullying na vida e ouviu que não era bom o suficiente”, escreveu o comediante, na página de arrecadação de fundos. Brad e Quaden têm o mesmo tipo de nanismo, chamado acondroplasia. 

O vídeo do menino de 9 anos pedindo à mãe uma corda para se enforcar vem comovendo o mundo inteiro. Com quase seis milhões de visualizações, as imagens levaram a internet a criar a hashtag #StopBullying nesta sexta-feira (21).

Quaden Bayles foi filmado pela mãe, Yarraka Bayles, enquanto chorava e falava: “Só quero me esfaquear no coração. Quero que alguém me mate”. O caso aconteceu em Queensland, na Austrália, na última quarta (19).

O filho do presidente dos Estados Unidos, Eric Trump, descreveu o vídeo como “absolutamente comovente”.

O astro do basquete Enes Kanter tuitou: “O mundo está com você” e convidou a família para um jogo da NBA, liga de basquete americana.

Também pelo Twitter, o ator Hugh Jackman mandou recado positivo ao garoto. “Você é mais forte do que imagina, companheiro”, afirmou.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade