Menu
Na Hora H!

Bombeiros são agredidos por vítimas de capotamento durante socorro em AL

Os bombeiros também relataram terem sido ameaçados de morte

João Victor Rodrigues

13/03/2024 12h06

Foto: Reprodução

Militares do Corpo de Bombeiros registraram um Boletim de Ocorrência nesta quarta-feira (13) relatando terem sido agredidos pela vítima de um capotamento durante o atendimento da ocorrência em Rio Largo, região metropolitana de Maceió. No acidente, duas pessoas ficaram feridas.

Um dos militares informou à polícia que a equipe foi alvo de agressões verbais por parte do homem de 26 anos, que supostamente estava dirigindo o veículo que capotou, e que ele apresentava sinais de embriaguez. Ele proferiu insultos contra uma militar e afirmou não querer receber atendimento. A outra vítima foi uma mulher de 38 anos.

De acordo com o relato dos militares, durante o atendimento realizado por um sargento da equipe, o homem se levantou bastante alterado e agressivo, desferindo um soco no bombeiro, o qual perdeu o equilíbrio e caiu de uma ribanceira, com uma altura de aproximadamente 3 metros.

O homem continuou com as ameaças, alegando fazer parte de uma facção criminosa e afirmando ter observado os nomes dos militares nas fardas.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada e constatou que o homem estava cambaleante, com dificuldade para falar e em comportamento agressivo. Ele se recusou a realizar o teste do bafômetro.

O agressor foi então conduzido para a Central de Flagrantes pela Polícia Militar, e os bombeiros o acompanharam para registrar o Boletim de Ocorrência. Ele foi autuado por dirigir veículo automotor sob influência de álcool, resistência, desacato e ameaça.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado