Menu
Na Hora H!

Avós na Suécia ganha o direito de receber licença remunerada para cuidar de netos

A medida visa expandir os benefícios de cuidados infantis para além dos pais da criança

João Victor Rodrigues

03/07/2024 6h57

avós

Foto: imagem ilustrativa/Freepik

Os avós na Suécia agora têm o direito de receber uma licença remunerada para cuidar de seus netos, graças a uma nova lei aprovada no país. A medida visa expandir os benefícios de cuidados infantis para além dos pais da criança, consolidando a Suécia como um líder global em políticas progressivas de cuidados na infância.


A legislação, que entrou em vigor na segunda-feira, permite que os pais transfiram uma parte de seus dias de licença parental para outros cuidadores, incluindo os avós. Pais ou mães solteiros podem transferir até 90 dias de licença remunerada, enquanto casais podem transferir até 45 dias, conforme especificado pela Agência de Seguro Social do governo sueco. No entanto, os avós não podem estar trabalhando durante o período em que recebem o subsídio parental.


Esta medida é mais uma iniciativa inovadora da Suécia em serviços sociais. O país é conhecido por seu extenso sistema de bem-estar social, onde os cidadãos pagam alguns dos impostos mais altos do mundo, mas recebem em troca benefícios significativos. Esses benefícios incluem cuidados de saúde financiados pelo Estado, educação gratuita até o nível universitário e generosos subsídios para os desempregados.


A nova lei foi bem recebida e é vista como um passo importante para apoiar as famílias e promover um equilíbrio saudável entre vida profissional e pessoal. Ao permitir que os avós participem ativamente do cuidado dos netos, a Suécia continua a demonstrar seu compromisso com políticas sociais inclusivas e inovadoras.


A aprovação dessa lei é mais um exemplo da liderança da Suécia em políticas progressivas. Ao estender os benefícios de licença parental para incluir os avós, o país não apenas apoia as famílias, mas também promove um modelo de cuidado infantil que pode servir de inspiração para outras nações.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado