fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Após onda de violência, ônibus voltam a circular em Fortaleza

Os veículos ainda saem escoltados por veículos policiais ou com policiais militares no interior do ônibus

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Na noite dessa quarta-feira (25) o transporte público de Fortaleza voltou a trafegar com frota máxima, de acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus). O transporte público estava com a operação reduzida devido à onda de ataques que ocorre no Ceará há seis dias.

O estado já contabiliza 83 ataques em Fortaleza, Região Metropolitana e interior. As ações começaram em 20 de setembro. Segundo o secretário da Segurança do Ceará, André Costa, a onda de violência é uma reação de detentos que querem a volta de “regalias” nos presídios do estado. Até o momento, a polícia capturou 74 pessoas suspeitas de envolvimento nos atos.

De acordo com o Sindiônibus, vem sendo feito um esforço contínuo com a Secretaria de Segurança Pública, Etufor, Sindiônibus e Guarda Municial para que o transporte público consiga atender a população com 80% de sua capacidade operacional. Ainda que operando com totalidade, serão necessários desvios de algumas rotas em regiões que ainda apresentam riscos à vida de passageiros e trabalhadores do setor de transporte, conforme o órgão.

Os veículos ainda saem escoltados por veículos policiais ou com policiais militares no interior do ônibus. Em pelo menos uma ocasião, policiais que estavam no ônibus impediram um ataque incendiário do veículo no Bairro Jóquei Clube.

Já o serviço de coleta de lixo domiciliar e especial também opera com suporte policial, mas sem prejuízos ao serviço. Segundo a Ecofor Ambiental, a coleta acontece regularmente.


Leia também
Publicidade