fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Após envenenar marido com colírio na água mulher foi condenada

A ex-enfermeira disse que pensou em usar colírios, que são incolores, inodoros e sem sabor, pelo que ela aprendeu nos filmes

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Após admitir que matou o marido colocando gotas de colírio na água que ele bebia, uma mulher foi condenada a 25 anos de prisão. O caso aconteceu na Carolina do Sul, nos Estados Unidos. 

Lana Sue Clayton, 53 anos, se declarou culpada de homicídio culposo pela morte de Steven Clayton, 64 anos. Ela disse que era abusada pelo marido.

A mulher foi acusada de envenenar o marido colocando gotas de colírio na água, entre 19 e 21 de julho de 2018. Inicialmente, acreditava-se que o homem morrera de causas naturais, mas uma necropsia relatou altos níveis de tetra-hidrozolina, uma substância encontrada nos colírios.

Os promotores também observaram que a mulher havia disparado contra o marido em 2016 com um arco e flecha medieval.

O caso foi considerado um acidente. A ex-enfermeira disse que pensou em usar colírios, que são incolores, inodoros e sem sabor, pelo que ela aprendeu nos filmes.

Os promotores, no entanto, disseram que ela matou o marido por dinheiro, jogou o telefone em um lago para que ele não pudesse pedir ajuda e depois queimou seu testamento.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade