fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Aplicativos de paquera liberam funcionalidades para amenizar efeitos de isolamento

Aplicativos recomendam que usuários permaneçam em casa e amem de outra forma

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Alguns dos aplicativos de encontro mais famosos estão recomendando aos seus usuários que fiquem em casa. Por mais que o objetivo final seja o inverso do afastamento, é necessário que as pessoas aprendam a amar de outra forma, para superar a crise provocada pelo novo coronavírus.

A designer, Juliana Cavalcanti, de 26 anos, é uma das usuárias de um aplicativo de paquera. Ela conta que em duas semanas deu alguns “matches” e conversou bastante. De acordo com a jovem, alguns dos pretendentes insistiam no encontro. Entretanto, Juliana prefere seguir as recomendações e se manter longe da possibilidade de adquirir a Covid-19.

Os próprios aplicativos, como o Happn, fazem a recomendação. “Esses tempos difíceis são também uma oportunidade para aprender a fazer as coisas de outra maneira, a amar-se de outra maneira. Pode ser através de troca de mensagens escritas, primeiros encontros por telefone ou ainda por videoconferência. Não temos dúvidas de que terão ideias originais e criativas, sendo que o amor o merece”, alerta a empresa.

O Tinder também fez um apelo aos usuários para que não se encontrem neste momento. “Queremos ser um espaço para conexão nestes período desafiador, mas é importante enfatizar que agora não é o momento para se encontrar na vida real com seu match”.

Novas funcionalidades

Devido ao novo cenário, para evitar cair em desuso os aplicativos têm ampliado suas funcionalidades. Uma novidade é a ampliação do chamado raio de alcance. No Happn, ele passou de 250 metros para 90 quilômetros.  O Grindr, voltado para homens gays e bissexuais, também agiu de forma similar. O aplicativo liberou a opção para conversar com pessoas de qualquer lugar do planeta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Tinder também respondeu de forma rápida, ao abrir o acesso ao recurso Passaporte, normalmente liberado apenas nas versões pagas. Através dessa opção os usuários podem interagir com pessoas de outros lugares do país e do mundo. A medida está prevista para durar até o dia 30 de abril.

Na Itália, após o anúncio da quarentena, houve uma queda nas conexões entre perfis. Entretanto, com as novas medidas foi possível fazer com que as interações voltassem a crescer. A oscilação mostra que os aplicativos de paquera passaram a ser vistos como uma opção contra o sentimento de solidão provocado pelo isolamento.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade