fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Adolescentes agridem PM com pauladas e são apreendidos

Vídeo compartilhado nas redes sociais flagra momento em que o policial agredido aparece com um ferimento na cabeça

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Dois adolescentes foram apreendidos após agredirem um policial militar a pauladas. Os menores têm 14 e 16 anos. Um vídeo que foi compartilhado nas redes sociais flagrou o momento em que o policial agredido aparece com um ferimento na cabeça. 

No registro, além dos envolvidos, a família de um dos menores grita diante da situação. Um dos jovens que foram apreendidos xinga os agentes e o outro grita “tira essa p*** dessa arma e vem no soco”.

O caso aconteceu em Cajati, no interior de São Paulo. De acordo com os policiais, antes do conflito, a equipe fazia uma ronda pela região e decidiu abordar um dos menores, de 16 anos, por causa de uma atitude suspeita.

Ao perceber a presença das autoridades, o menor fugiu para uma área de mata. Os policiais então iniciaram uma perseguição a pé. O agente que estava à frente foi surpreendido pelo segundo menor, que o agrediu com um tronco de árvore. Com o impacto do golpe, o PM caiu no chão e um dos menores teria pegado o cassetete do agente para agredi-lo novamente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ainda de acordo com os PMs, os menores também tentaram pegar a arma do policial. No entanto, o agente conseguiu pegar o objeto antes dos menores e um disparo acidental ocorreu. O projétil não acertou ninguém, mas o outro policial, ao tentar conter a situação, efetuou um segundo disparo que atingiu a bacia de um dos adolescentes.

Após ser baleado, o menor de 16 anos fugiu do local. O vídeo que foi postado na internet foi filmado pelo adolescente, de 14 anos, no instante em que a família do outro menor chega. O menor de 14 anos foi apreendido em flagrante no local. O outro foi encontrado em uma unidade de saúde da cidade, após dar entrada com um ferimento de bala.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio qualificado. As autoridades entraram com um pedido de internação dos dois menores na Fundação Casa de Itanhaém. As armas dos policiais e o tronco de árvore foram apreendidos, e as perícias foram requisitadas. O caso foi encaminhado para a Delegacia Sede de Cajati para ser investigado. 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade