Siga o Jornal de Brasília

Coluna Léo Dias

Cena inicial de série sobre goleiro Bruno será com rottweilers

A diretora Amora Mautner mostrará logo de cara, na primeira cena da série sobre o assassinato de Eliza Samúdio, crime cometido pelo goleiro Bruno, que quer mesmo chocar.

Léo Dias

Publicado

em

PUBLICIDADE

Está prevista para abrir a série uma cena em que mostra o corpo de Eliza sendo devorado por cães da raça rottweiler. A ideia é chocar e mostrar que essa não será uma história contada para idolatrar ninguém. É realmente para mostrar a barbaridade do crime cometido.

Assim foi também em “Assédio”, dirigido por Amora, e que contava os abusos cometidos pelo ex-médico Roger Abdelsmassih. Algumas cenas embrulhavam o estômago dos atores e fazia com que eles realmente saíssem mal do set. Na série sobre o crime de Eliza não será diferente.

Inspirada no livro ‘Indefensável – O Goleiro Bruno e a História da Morte de Eliza Samudio’, escrito por Leslie Barreira Leitão, Paula Sarapu e Paulo Carvalho, a nova série da Globo pretende colocar no papel de Eliza a atriz Vanessa Giácomo. Inclusive foi a própria atriz que teve a ideia de transformar o crime em série para TV após ler o livro.

A adaptação será a primeira de uma série de ‘thrillers’ (séries de suspense e tensão) lançados pela Rede Globo. A ideia é transformar em série diversos crimes já solucionados e sentenciados pela Justiça. Ainda não há previsão de estreia, porém, o que se sabe é que virá depois da exibição de “Verdades Secretas 2”.

A certeza de sucesso é tanta que gerou até uma disputa de Globo e Netflix pelos direitos da produção. O serviço de streaming ofereceu até mais dinheiro, mas não teve jeito, a ‘toda poderosa’ levou.

Com colaboração de Lucas Pasin

O conteúdo publicado nesta Coluna não corresponde necessariamente à opinião ou à postura do Jornal de Brasília, de forma que o jornalista subscritor é inteiramente responsável pelo teor da matéria.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade