Menu
Futebol

Pelé evita polêmica e enaltece marca de Romário

Arquivo Geral

21/05/2007 0h00

Maior artilheiro da história do futebol mundial, Pelé evitou alimentar a polêmica envolvendo o milésimo gol de Romário e tratou de enaltecer o feito do vascaíno. Em entrevista à Rádio Jovem Pan, o ex-jogador contou que chegou a ficar apreensivo quando viu que o Baixinho tinha passado o primeiro tempo do duelo contra o Sport em branco.


 


“Eu estava em Nova York vendo Grêmio e Fluminense e, durante a transmissão, ia entrando os lances dos outros jogos. Vi que estava 2 x 0 para o Vasco e nada de gol do Romário. Até eu fiquei apreensivo, mas aí veio o pênalti e ele foi um bom aluno. Bateu no mesmo canto, buscou a bola na rede. Só faltou homenagear as criancinhas”, sorriu.


 


Pelé acrescentou que ficava preocupado com a angústia dos pais de Romário quando os via no Maracanã esperando o feito do filho. “Felizmente ele decidiu jogar em São Januário e fez o gol”, comentou, antes de destacar “tudo o que o Romário fez pelo Brasil no exterior, ganhando título na Holanda, na Espanha e na Copa do Mundo”.


 


Sobre o número exato de gols do atacante, o ex-camisa dez não deixou de dar uma cutucada. “Até brinquei dizendo que faltam 282 gols para igualar o Pelé. Todos os meus gols têm súmula e ele contou de uma maneira que não tem como eu acompanhar, não sei se tem súmula”, afirmou.


 


“Mas o mais importante é que é mais um brasileiro que chega a essa marca, um feito de destaque internacional, e quando um brasileiro consegue isso a gente tem que procurar enaltecer e não desmistificar”, continuou Pelé, autor de 1.091 gols oficiais como profissional.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado