Siga o Jornal de Brasília

Futebol

Foi ruim para os dois: Corinthians e São Paulo ficam no 1 x 1

Com gols de Ralf, para o Corinthians, e Brenner, para o São Paulo, , Corinthians e São Paulo empataram por 1 x 1, neste sábado (10), na Arena Corinthians, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor foi a 58 pontos, e pode perder o quarto lugar para o Grêmio, que recebe o Vasco neste domingo (11). Já o Corinthians, com 40 pontos, estacionou na décima primeira posição.

O jogo foi repleto de decisões polêmicas da arbitragem. Mesmo em casa, o Timão saiu irritado com a má arbitragem de Rodolpho Toski Marques. Ele deixou de validar um gol e não marcou um pênalti em favor do alvinegro.

O lance do gol não validado ocorreu aos 34 minutos do primeiro tempo. O meia Danilo aproveitou uma sobra na área e chutou para o gol. Jean tirou quando a bola já havia passado inteira pela linha de gol. Apesar das reclamações dos corintianos, o juiz mandou a bola rolar.

Oito minutos depois, foi a vez de o árbitro ignorar a falta de Bruno Alves no atacante Romero, dentro da área. Para piorar, Araos ainda seria expulso pelo juiz no final da primeira etapa.

Mesmo com dez, o Corinthians jogou melhor todo o segundo tempo e abriu o placar com Ralf, aos 26 minutos, com um chute rasteiro de fora da área que entrou no canto direito de Jean. Mas, aos 35, o São Paulo empatou: Everton cruzou na medida para Nenê, que chutou. A bola iria nas mãos de Cássio, mas Brenner desviou.

Técnico do América-MG é demitido após derrota

No outro jogo da rodada, o América-MG perdeu em casa para o rebaixado Paraná, por 1 x 0. O time paranaense, escalado com vários garotos da base e que estava sem vencer há mais de um turno, jogou boa parte do jogo com um homem a menos, mas conseguiu achar o gol da quarta vitória em 33 rodadas  aos 44 minutos da segunda etapa, com Andrey, de 18 anos.

Após a partida, o presidente do América-MG, Marcus Salum, demitiu o técnico Adilson Batista.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA