Menu
Estilo de Vida

Pecadores católicos ganham guia de instruções para serem perdoados

“Os fiéis verdadeiramente arrependidos obterão (…) plena indulgência, remissão e perdão dos seus pecados”, disse o Cardeal Angelo De Donatis

Redação Jornal de Brasília

14/05/2024 5h00

Atualizada 13/05/2024 19h54

HANDOUT VATICAN MEDIA / AFP

Os pecadores católicos têm agora um guia de instruções para obter a absolvição dos seus pecados, com opções como peregrinação, penitência ou obras de caridade, segundo um documento divulgado pelo Vaticano.

A indulgência plenária – o perdão dos pecados – é uma tradição nos Anos Santos instituída em 1300 pelo papa Bonifácio VIII, e as instruções para o Ano Santo de 2025 foram publicadas.

As indulgências têm má reputação dentro do Cristianismo desde a época em que eram vendidas em troca de dinheiro, uma prática denunciada por Martinho Lutero e João Calvino, e que foi uma das causas da Reforma Protestante.

“Os fiéis verdadeiramente arrependidos obterão (…) plena indulgência, remissão e perdão dos seus pecados”, explicou o Cardeal Angelo De Donatis, numa declaração do Vaticano nesta segunda-feira (13).

Os fiéis podem se beneficiar fazendo uma peregrinação a uma das quatro basílicas papais de Roma (São Pedro, São João de Latrão, Santa Maria Maior ou São Paulo Extramuros) ou a uma das três localizadas da Terra Santa (Santo Sepulcro em Jerusalém, Natividade em Belém e Anunciação em Nazaré).

Quem não puder viajar poderá obter a indulgência “participando piedosamente em missões populares, exercícios espirituais, encontros de formação sobre textos religiosos ou visitando por tempo suficiente pessoas em dificuldade (enfermos, presos, idosos sozinhos, deficientes.. .)”.

Também há possibilidade de participarem em “iniciativas que apliquem concreta e generosamente o espírito de penitência (…) abstendo-se, pelo menos por um dia, de distrações fúteis” ou “atribuindo uma quantia em dinheiro aos pobres”.

© Agence France-Presse

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado