Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Beleza e Bem Estar

Saiba quais são os principais benefícios da meditação para a sua carreira

Debora Garcia, fisiologista e meditadora, aponta que a meditação é benéfica tanto para o indivíduo quanto para as empresas

Saiba quais são os principais benefícios da meditação para a sua carreira

A meditação é uma prática no qual o indivíduo foca sua atenção em apenas um objetivo, como na sua respiração, em um áudio de meditação guiada ou um mantra, por exemplo. Para poder focar sua mente num objetivo, pensamento ou atividade particular, visando alcançar um estado de clareza mental e emocional relaxado. Já é comprovado que seus exercícios trazem inúmeros benefícios pessoais, como a redução de estresse e ansiedade, melhora da imunidade e até nos níveis de pressão arterial, mas há quem diga que esses benefícios podem ser estendidos para o coletivo e ser usados nas empresas.

Segundo dados da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, em 2020, a concessão de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez devido a transtornos mentais e comportamentais bateu o recorde e somou 576,6 mil afastamentos, uma alta de 26% em relação ao registrado em 2019. Isso se deu por esgotamento emocional, gerando um alto nível de stress e frustração.

“A meditação vai trabalhar as áreas atencionais do cérebro, o que desenvolve melhor a atenção do indivíduo nas tarefas que escolhe fazer, e isso ajuda aumentar o foco dele no trabalho, o que diminui a quantidade de erros que possa cometer. Com isso, a pessoa também vai aumentar a sua produtividade, assim quero dizer que a pessoa produz melhor e em menos tempo”. Assim a especialista e meditadora Debora Garcia começou explicando.

Além de ser aplicada de maneira individual, a meditadora estende essa prática para o mundo corporativo e diz que todas as empresas podem adotar o exercício da meditação antes das reuniões. “Existem empresas que meditam antes das reuniões, outras que tiram alguns minutos no dia para meditar em grupo, seja 5 ou 10 minutos. As empresas que adotam essa prática tem uma reunião mais assertiva, mas produtiva, em menos tempo.”

Ela ainda acrescenta os benefícios. “Melhorando a inteligência emocional coletiva, se tem um relacionamento melhor dentro da equipe, as pessoas trabalham mais unidas, como um time, se ajudando para ter melhores resultados e vão ter mais empatia com os colegas, melhorando o relacionamento do grupo, o que facilita para um bom clima organizacional”, finalizou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja outros benefícios citados por Debora Garcia

Profissional mais criativo e entusiasmado.

Melhora a inteligência emocional, proporcionando melhor administração das próprias emoções.

Desenvolvimento do autoconhecimento, suas competências, na descoberta e utilização dos seus pontos fortes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sobre Debora Garcia

Palestrante, professora de meditação, escritora e mentora, atua no mercado corporativo e para autogestão pessoal. Formada em Educação Física pela UMESP, especializada em Fisiologia do Exercício pela UNIFESP, atua também na área de educação corporal por mais de 14 anos, identificando que as habilidades ou inabilidades internas são pontos limitantes tanto no desempenho esportivo como na vida.

Facebook: Debora Garcia Palestrante

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar