Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

‘Voava em céu de brigadeiro, mas agora preciso manter audiência’, diz Ana Maria Braga

De acordo com o diretor da TV Globo Amauri Soares, “atualmente a Globo vive o melhor ibope registrado nas manhãs nos últimos cinco anos”

Por FolhaPress 27/06/2022 5h22
Foto|Reprodução

LEONARDO VOLPATO
SÃO PAULO, SP

No ar há mais de 20 anos nas manhãs da Globo, a apresentadora Ana Maria Braga, 73, está pronta e animada para se reinventar em novo horário. A partir do dia 4 de julho, ela passa a entrar no ar com seu Mais Você a partir das 10h45, mais próximo do almoço. O Encontro, sob o comando de Patrícia Poeta e Manoel Soares, começará após o Bom Dia Brasil. Para Ana, sair da zona de conforto é saudável nesse momento.

“Estava voando em céu de brigadeiro, mas agora preciso manter a audiência que sempre foi boa, graças a Deus. Precisarei olhar para esse novo reduto, que não sei ainda qual é, já que a audiência muda a cada hora. Vou estudar sobre com quem estarei falando para poder ter o direcionamento correto”, conta ela em bate-papo com a imprensa nesta segunda-feira (27).

De fato, pesquisas feitas pela TV Globo mostram que o horário mais próximo do almoço é uma forma de atingir mais as donas de casa. As receitas de Ana Maria Braga já haviam rendido bons índices de ibope na época em que ela entrava como um quadro no Encontro com Fátima Bernardes, no meio da pandemia, momento em que Ana esteva afastada do presencial.

“Eu gosto de ver o ibope minuto a minuto e faço estudo a cada dia para ver o que rendeu e o que não foi bem. E o novo desafio é saber como lidar com isso, mas não conseguirei ser diferente do que sempre fui. Vamos nos achar nesse novo caminho, buscar manter o público do Encontro e descobrir o que ir mudando para nos adequar”, revela Ana.

De acordo com o diretor da TV Globo Amauri Soares, “atualmente a Globo vive o melhor ibope registrado nas manhãs nos últimos cinco anos”. Então, por que mudar em time que está ganhando? Segundo ele, o motivo é a atenção diária às mudanças da sociedade.

“Vamos calibrando todos os dias às novas tendências, o que acontece na casa das pessoas, tudo o que possa impactar. Nosso negócio é criar uma conexão e uma sintonia com a sociedade. Afinal, são mais de 40 milhões de telespectadores na parte matutina”, explica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nas pesquisas da Globo, que abrangem todas as capitais envolvidas no Painel Nacional da Televisão, foi detectado que há dois grupos muito específicos que gostam de acompanhar a programação logo nas primeiras horas do dia: aquele que quer se informar e aquele que quer uma companhia. “Por isso que o Encontro e o Mais Você contemplam os dois nichos, com notícias e entretenimento”, reforça.

Para o diretor de variedades da emissora, Mariano Boni, a ideia é sempre “colocar verdade no ar e assuntos que façam as pessoas conversarem”. “Assim, cada talento colocará seu carisma e sua inteligência para levar os melhores assuntos aos brasileiros”, encerra.








Você pode gostar