Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Grammy 2022, adiado por causa da ômicron, vai acontecer em abril

A 64ª edição do Grammy estava marcada anteriormente para o dia 31 de janeiro, mas foi adiada por causa do aumento de casos de Covid-19

Por FolhaPress 18/01/2022 8h35
Foto: Divulgação

A edição de 2022 do Grammy vai acontecer no dia 3 de abril. A informação foi divulgada pela Academia de Artes e Ciências de Gravação, que organiza a premiação, nesta terça (18).

A 64ª edição do Grammy estava marcada anteriormente para o dia 31 de janeiro, mas foi adiada por causa do aumento de casos de Covid-19 nos Estados Unidos e o avanço da variante ômicron. Além da data, a premiação também trocou de lugar. Em vez de Los Angeles, onde tradicionalmente acontece o evento, é Las Vegas quem vai receber a cerimônia –e pela primeira vez.

Apesar de já ter uma data, o Grammy de 2022 ainda não divulgou os shows e apresentações que vão acontecer no evento. Sabe-se que há um tributo a Joni Mitchell agendado, com participações de James Taylor, Herbie Hancock, Brandi Carlile e Jon Batiste.

Este é o segundo ano consecutivo que o Grammy é adiado por causa da pandemia. Em 2021 a premiação mais importante da música americana também aconteceria em 31 de janeiro, mas foi adiado para 14 de março em consequência da variante delta.

A lista de indicados ao prêmio foi divulgada em novembro do ano passado, com o compositor Jon Batiste liderando as indicações, com 11 ao todo. Outros artistas como Olivia Rodrigo, Justin Bieber, Billie Eilish, Doja Cat e Lil Nas X são destaques na corrida pelas estatuetas.

Na edição de 2021, a cantora Beyoncé bateu o recorde de mulher com mais estatuetas do Grammy, que consagrou a rapper Megan Thee Stallion. Na ocasião, a cerimônia misturou shows ao vivo e gravados e contou com um público restrito no local da entrega dos prêmios.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar