fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Celebridades

Valores humanos são os que importam’, diz Sandy sobre mensagem de ‘Estrela-Guia’

Para Sandy, a mensagem de “Estrela-Guia” continua atual e tem tudo a ver com o momento que o mundo está passando

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Globo para protagonizar uma novela. A cantora deu vida a Cristal, a mocinha de “Estrela-Guia”, trama escrita por Ana Maria Moretzsohn, que foi ao ar na faixa das seis da emissora.


Agora, quase 20 anos depois, a história de amor entre a jovem criada em uma comunidade hippie e o urbano Tony (Guilherme Fontes) volta ao ar no Globoplay, como parte da iniciativa da plataforma de disponibilizar, a cada 15 dias, clássicos da teledramaturgia em seu catálogo -a exemplo de “Tieta” (1989), “A Favorita” (2008) e “Explode Coração” (1995).


Para Sandy, a mensagem de “Estrela-Guia” continua atual e tem tudo a ver com o momento que o mundo está passando, quando muitas pessoas estão se questionando sobre o que é mais importante na vida. “A novela fala muito disso, desde o começo, como é importante perceber que os valores humanos são o que realmente importam”, diz.


“Não é dinheiro, só a carreira, não são os interesses comerciais, nada a ver com esses deslumbramentos que a vida pode trazer. É o que é mais essencial mesmo, que é a questão humana e o por quê estamos aqui, o que estamos aprendendo nessa vida e podemos levar dela”, acrescenta.
A cantora afirma que ela tinha um sonho de fazer uma novela e que, apesar de todas as dificuldades logísticas para dar conta das gravações, foi um grande aprendizado. “Na época eu tinha carreira musical, o programa na Globo [a série Sandy e Júnior], carreira internacional. Tinha tudo acontecendo ao mesmo tempo e foi difícil fazer caber tudo”, lembra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Sandy conta também que uma das recordações mais especiais que ela guarda desse período foi ter conhecido a atriz Fernanda Rodrigues, que se tornou uma de suas melhores amigas na vida real. Na trama, ela interpretava Sukhi, amiga de Cristal.


“Somos amigas há exatos 19 anos, foi ali que a gente se conheceu e essa amizade começou já bem forte. Dormíamos na casa uma da outra, ela vinha para Campinas comigo de vez em quando, estávamos sempre juntas, grudadinhas”, afirma Sandy.


Junior também participou de “Estrela-Guia” como Zeca, menino de origem pobre, que faz malabarismo nos semáforos para sobreviver no Rio de Janeiro. “A minha primeira participação na novela foi uma cena gravada na rua, fazendo malabarismos no sinal, com claves de fogo. E o laboratório me fez viver um pouco a experiência de ficar no semáforo disfarçado e achei tudo isso interessante como vivência”, recorda.

As informações são da FolhaPress 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade