Menu
Celebridades

Taylor Swift doa US$ 100 mil para família de mulher morta durante ataque a tiros

A cantora Taylor Swift doou US$ 100 mil (cerca de R$ 497 mil) para uma campanha criada pela família de Lisa Lopez-Galvan, morta em um ataque a tiros no desfile da vitória do Kansas City Chiefs

Redação Jornal de Brasília

16/02/2024 13h10

(Foto: Getty)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) –

A cantora Taylor Swift doou US$ 100 mil (cerca de R$ 497 mil) para uma campanha criada pela família de Lisa Lopez-Galvan, morta em um ataque a tiros no desfile da vitória do Kansas City Chiefs. Travis Kelce, namorado da cantora, joga nesse time.

A página “Memorial Elizabeth Lopez-Galvan” foi criada na tarde de quinta-feira (15) com o objetivo de arrecadar US$ 75.000 para a família da mulher, assassinada aos 44 anos.

Cerca de 1.300 pessoas haviam feito doações quando Swift ultrapassou a meta nas primeiras horas da manhã de sexta-feira (15).

“Enviando minhas mais profundas condolências e pêsames após sua perda devastadora. Com amor, Taylor Swift”, escreveu a cantora.

Lopez-Galvan morreu na quarta-feira (14) depois de ser atingida no abdômen por um tiro quando comemorava a vitória do Kansas City Chiefs no Super Bowl. O tiroteio aconteceu no estado americano do Missouri.

Imagens de vídeo nas redes sociais mostram cenas caóticas do lado de fora da estação de trem, enquanto policiais invadiam o prédio e os participantes da celebração se dispersavam em busca de abrigo.

O ataque ocorreu no fim do evento, e os jogadores e funcionários da equipe não foram afetados, segundo o prefeito da cidade.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado