Menu
Celebridades

Rafa Kalimann rebate críticas por mudar texto de novela

A influenciadora se tornou assunto nas redes sociais ao dizer que às vezes muda o texto de Daniel Ortiz

Redação Jornal de Brasília

18/06/2024 17h08

Foto: Reprodução

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

Rafa Kalimann afirmou que as notícias de que evita dizer a palavra “desgraçada” nas gravações de “Família É Tudo” (Globo) é uma forma de criar narrativas que distorcem o compromisso que tem com o trabalho.

A influenciadora se tornou assunto nas redes sociais ao dizer que às vezes muda o texto de Daniel Ortiz, autor do folhetim, e foi criticada. “Tem palavra que não consigo falar na minha vida. Tem uma palavra [que quer dizer] sem graça, o oposto de graça, uma pessoa que não tem a graça de Deus. Não gosto, é muito pesada”, disse ela ao podcast E você?.

Após a repercussão da entrevista, ela falou que teve “preguicinha” de esclarecer o assunto, mas queria deixar claro aos seguidores para não distorcerem a intenção das palavras e do que se trata a viralização.

“Só para não ficar interpretado de forma equivocada, não vou deixar que seja distorcido meu compromisso com meu trabalho.”

Em seguida, ela compartilhou um vídeo com a atriz Ana Hikari nos bastidores da produção, em que a atriz diz que Rafa é supersticiosa.

“Não é superstição. Tem uma palavra que eu não falo, não gosto, para mim é pecado falar essa palavra. Tem no texto e, quando bato texto com ela, eu troco por ‘abençoada’. Eu troco, mas na hora falo. Vou falar não, fica trazendo coisa ruim.”

Na trama, a influenciadora interpreta a vilã Jéssica, que faz de tudo para prejudicar a ex-melhor amiga Electra (Juliana Paiva).

Ela também postou outra filmagem, em que diz pedir ao colega e ator Raphael Logam que ele dê três batidinhas na madeira ao falar “desgraçada”.

“Às vezes, quando acaba a cena e eu falei a palavra, eu bato. É isso, a vida tem que ser mais leve. Vocês problematizam tudo também, não é?.”

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado