fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Celebridades

Esposa de Alok fala sobre parto: “Pensava em salvar minha filha”

Romana revelou ter tido uma complicação rara chamada CIDV (coagulação intravascular disseminada), que é “muito perigoso”

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Romana Novais, esposa do DJ Alok, contou sobre os apuros que passou durante o parto de Raika. A bebê nasceu prematura, ainda com 32 semanas de gestação.

Em suas redes sociais, a médica falou sobre o processo e revelou que chegou a correr risco de morte durante o parto, que teve que acontecer de emergência após ela ter fortes sangramentos.

“Tudo começou na semana passada, fui tomar uma vacina que a gestante precisa fazer, tive um pouco de reação tive dor no corpo achei que era só por causa da vacina. não achei que fosse alguma outra coisa. Além disso também estava com dor local na vacina então acreditei mesmo que fosse isso. A dor no corpo começou a ficar mais intensa e me incomodar muito. Fiz o teste do Covid, ficamos em isolamento em casa nos cuidando, as dores pioraram. Sentia muita dor no corpo, pareciam que meus ossos tinham quebrado”, começou Romana no relato.

Ela seguiu contando que na quarta-feira, 2 de dezembro, quando Raika nasceu, começou a sentir contrações e fui até seus obstetras. Durante realização de exames – que aparentavam estar normais – começou a ter um sangramento intenso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A gente correu para o hospital sem pensar muito. Já passaram o acesso em mim na clínica mesmo e foram de carro. Só pensava que tinha que salvar minha filha, queria resolver tudo logo. Cheguei no hospital com muito medo. Ela nasceu muito rápido, eu não estava esperando. Nem esperava que eu fosse conseguir fazer um parto natural, estava com muita dor, mas ela precisava sair”, continuou.

Romana revelou ter tido uma complicação rara chamada CIDV (coagulação intravascular disseminada), que é “muito perigoso”. “O quadro se estendeu pelo meu corpo e estava correndo risco de vida, foi uma situação muito complicada. Graças a Deus estou viva”, afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Romana contou também que foi para a UTI logo depois do parto, mas já está em casa cumprindo isolamento ao lado do marido. Raika segue internada por ter nascido prematura, mas a médica garantiu que ela está “clinicamente estável e evoluindo bem.

Reprodução/Instagram




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade