Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Celebridades

Ellen Rocche diz que tira proveito das personagens gostosonas

As personagens que a modelo já interpretou na televisão tem o mesmo perfil: são mulheres voluptuosas, verdadeiros poços de sex appeal

Por FolhaPress 05/07/2022 9h30
As personagens que a modelo já interpretou na televisão tem o mesmo perfil: são mulheres voluptuosas, verdadeiros poços de sex appeal Foto: Reprodução

De mulher fruta na novela “Sangue Bom” a dançarina de cabaré em “Éramos Seis”, a maioria dos personagens que Ellen Rocche interpretou na televisão tem o mesmo perfil: são mulheres gostosonas, voluptuosas, verdadeiros poços de sex appeal. Ellen diz que curte.

Não vê problemas em interpretar esses papéis nem teme possíveis rótulos. “Ficaria preocupada se não fosse convidada para nada”, afirma. “Ninguém é somente sensual”, diz, chamando atenção para o exercício de superação que é interpretar papéis com poucas falas e ainda assim se fazer notar. Para isso, ela tenta trabalhar as “várias camadas” de suas personagens.

Vem dando certo, acredita. “Acho que eu enxerguei as oportunidades e consegui tirar proveito.” A atriz atualmente pode ser vista no humorístico “Tô de Graça” (Multishow), que estreou nova temporada no último dia 27 de junho. Ela dá vida a… mais um mulherão: Jamile, nova mulher de Canário (Jorge Maya).

Acrescentar, aos 42 anos, outra personagem sexy ao seu currículo (xô, etarismo) faz Ellen tirar da memória o que lhe disse certa vez o ator Ricardo Macchi (sim, o Cigano Igor), com quem namorou cerca de 20 anos atrás. “A mulher fica mais bonita a partir dos 30 e quando chega aos 40, 50 e 60, está em sua potência máxima”. Sábio cigano. “É tudo uma questão de você se amar e entender que tudo na vida é um processo e a gente vive de fases”, analisa a atriz.








Você pode gostar