fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Celebridades

Mais uma vítima da COVID-19: Ator Eduardo Galvão morre, aos 58 anos

Internado deste o final de novembro, ator Eduardo Galvão nào resiste as complicações do Coronavírus e nos deixa, aos 58 anos

Miguel Alves

Publicado

em

Eduardo Galvão
Eduardo Galvão. Foto: Reprodução/Instagram
PUBLICIDADE

Eduardo Galvão estava internado desde o final de novembro, após testar positivo para Covid-19. À época, segundo o ator Stepan Nercessian, amigo de Galvão, o Eduardo Galvão “estava com cerca de 50% de comprometimento dos pulmões”.

Eduardo Galvão estrelou dezenas de novelas, como “A viagem”, “O Clone”, “Despedida de Solteiro” e “Paraíso Tropical”. Seu trabalho mais recente na TV foi em “Bom Sucesso” e, pouco antes de ser internado, celebrou o aniversário de 1 ano da neta, Lara, com uma publicação nas redes sociais. “Hoje minha neta está completando um aninho! Que Deus abençoe sempre sua vida! O vô te ama muito”, escreveu.

Em função das complicações, Eduardo chegou a ser entubado e passou seus últimos dias na UTI do hospital Unimed, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

Por volta da meia noite desta terça-feira (8) a família e amigos próximos confirmaram o falecimento do ator.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Últimos trabalhos

O último trabalho do ator na Rede Globo foi a novela “Bom Sucesso”, de 2019. Galvão estreou na TV na novela “O Salvador da Pátria”, em 1989, e um de seus trabalhos mais memoráveis foi ao lado da apresentadora Angélica, no seriado infantil “Caça Talentos”, exibida entre 1996 e 1998, com exatos 500 episódios.

Galvão também teve passagens pelo SBT, onde trabalhou em “As Pupilas do Senhor Reitor” (1995); pela Record, tendo feito a sitcom “Avassaladoras: A Série” (2006) e “Apocalipse” (2017); Band, onde atuou na novela “Dance, Dance, Dance” (2007); e na TVE, mais uma vez em um trabalho marcante, como o pai do Menino Maluquinho, em “Um Menino Muito Maluquinho” (2006).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ator também fez trabalhos em canais por assinatura como Multishow, com “Adorável Psicose” (2013), GNT, em “Questão de Família” (2014), e na HBO, com a série “Magnífica 70” (2015).

Flamengo: sua grande paixão

Torcedor do Flamengo, Galvão foi homenageado pela equipe, que postou em suas redes sociais um vídeo recente em que o ator dava parabéns pelos recém completados 125 anos do clube.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade