Menu
Entretenimento

Armeira de ‘Rust’ é condenada por matar diretora de fotografia

A condenação por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, ocorreu na quarta-feira, dia 6, num tribunal do Novo México, nos Estados Unidos

Redação Jornal de Brasília

08/03/2024 10h27

Foto: Reprodução

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) –

Hannah Gutierrez-Reed, que cuidava das armas no set do filme “Rust”, foi considerada culpada pela morte de Halyna Hutchins. A condenação por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, ocorreu na quarta-feira, dia 6, num tribunal do Novo México, nos Estados Unidos.

Gutierrez-Reed foi presa, mas ainda nega a acusação.

Hutchins, que era a diretora de fotografia do filme, foi morta em outubro de 2021, após o ator Alec Baldwin disparar um tiro contra ela durante a gravação. O ator afirma não ter puxado o gatilho. Na ocasião, o diretor Joel Souza ficou ferido. A arma estava carregada com munição verdadeira ?e não cenográfica.

Segundo a promotoria, Gutierrez-Reed agiu com negligência, afirmando que a armeira, como é chamada a pessoa designada para cuidar dos armamentos num set de filmagens, não tomou cuidados durante o armazenamento de armas e munições ou com a checagem do conteúdo dos objetos.

Ela também havia sido acusada de adulterar a cena do crime, mas acabou sendo absolvida. Baldwin foi acusado de homicídio culposo, mas o processo foi arquivado em abril do ano passado. Em janeiro deste ano, o júri alegou, porém, que tinha nove provas sobre o caso. Por isso, Baldwin deve ser julgado novamente em julho.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado