Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Após 26 anos no ar, final de Malhação desperta lamento de famosos e anônimos

Após mais de 26 anos e 27 temporadas, foi ao ar nesta sexta-feira (28) o último episódio de “Malhação” na Globo.

Por FolhaPress 28/01/2022 7h50
Foto|Reprodução

A novelinha adolescente, que teve diversos elencos e dezenas de mudanças de trama e de ambientação, ainda pode ser vista no Globoplay –a tendência é que o serviço de streaming estreie as temporadas ainda não disponíveis paulatinamente, como já vem fazendo.


Mesmo assim, atores que participaram da produção e fãs espalhados por todo o Brasil lamentaram que o encerramento. Nas redes sociais, alguns telespectadores usaram a expressão “Malhação Para Sempre”, fazendo #MalhaçãoSonhos alcançar o topo dos trending topics (a lista de assuntos mais comentados) no Twitter.


“Acabam de ir ao ar as últimas cenas de ‘Malhação'”, comentou Leo Jaime, que estava na temporada que estava no ar. “O personagem que eu mais gostei de fazer na vida foi o Nando Rocha. Gratidão imensa por ter feito parte deste sonho.”


Outro que relembrou sua passagem pelo projeto foi Daniel Boaventura, que ficou em “Malhação” de 2006 a 2008. “Hoje chega ao fim ‘Malhação’, um trabalho maravilhoso, um marco de muitas gerações e descobertas de tantos talentos”, disse. “Foi um orgulho ter feito parte dessa trajetória!”


Teve também quem, mesmo sem ter feito parte da trama, ficasse nostálgico com o fim da novelinha, como foi o caso da ex-BBB Thaís Braz. “Gente, eu fiquei triste, me bateu uma nostalgia”, escreveu. “Fez parte da minha infância e adolescência. Eu chegava correndo do colégio para assistir”.


Porém, alguns fãs reclamaram do fato de a novela ter encerrado sua jornada na TV aberta com uma reprise. “Lamentável, a Globo terminar um projeto que lançou tanta gente e apresentou tantos temas importantes dessa forma”, escreveu um internauta. “Parece que quem está gerindo a empresa não está nem aí para a história da própria TV.”


Por causa da pandemia, a última temporada inédita, que tinha o subtítulo de “Toda Forma de Amar”, precisou ser encerrada mais cedo, em abril de 2020. Desde então, foram reprisadas “Viva a Diferença” (2017-2018) e “Malhação – Sonhos” (2014-2015), esta última sendo a que encerrou o ciclo de exibições.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar