fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Suposto esquema de propina motiva polícia a fazer buscas no Buriti e em casa de servidores

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Secretarias do Palácio do Buriti e casas de servidores comissionados do Governo de Brasília são alvo de uma operação de busca e apreensão da Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (17). Policiais buscam provas sobre denúncias de um suposto esquema de pagamento de propina envolvendo as secretarias de Saúde e Fazenda.

Computadores e documentos estão entre os materiais apreendidos do Buriti, cujo objetivo é recolher provas para subsidiar as investigações.

Os principais investigados são o ex-ouvidor da vice-governadoria do DF, Valdeci Medeiros; o ex-técnico em políticas públicas e gestão governamental da Secretaria de Planejamento (Seplag), Edvaldo Simplício da Silva; e o ex-gerente de Cessões, Requisições e Ressarcimentos da Seplag, Christian Michael Popov.

A ação, coordenada pela Delegacia Especial de Repressão aos Crimes contra a Administração Pública (Decap), ocorre em conjunto com Ministério Público do Distrito Federal (MPDF), e é resultado das denúncias apresentadas pela pesidente Sindicato dos Servidores na Saúde do Distrito Federal (SindSaúde), Marli Rodrigues.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Hugo Barreto

Hugo Barreto




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade