fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Secretaria de Saúde abre processo seletivo para contratação de médicos

Profissionais serão contratados em caráter emergencial para atuar no combate à covid-19 no DF. Admissão deve ocorrer no início de janeiro

Willian Matos

Publicado

em

2.899 morreram de covid-19 no DF
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A Secretaria de Saúde publicou nesta quarta-feira (25) um processo seletivo emergencial para contratação de médicos. Os profissionais atuarão no combate à covid-19 no Distrito Federal.

Os médicos contratados irão compor o quadro de profissionais dos hospitais regionais da Asa Norte (Hran) e de Brazlândia (HRBz), além da equipe de Unidade Avançada Móvel do Samu-DF.

A contratação é temporária, válida por seis meses, podendo ser prorrogada pelo mesmo período. Os médicos terão carga horária de 20 horas semanais e receberão R$ 6.327,00, sem direito a gratificações e auxílios recebidos por servidores efetivos.

Os médicos contratados não poderão ter mais de 60 anos e não podem ter diabetes e/ou insuficiência renal, além de outras comorbidades que podem ser agravadas em caso de infecção pelo novo coronavírus.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscrições, critérios e prazos

O período de inscrições começa no próximo dia 1º de dezembro e vai até o dia 10 do mesmo mês. Devem ser feitas no site do Instituto AOCP, organizador do concurso. Não será cobrada taxa de inscrição.

O candidato poderá escolher em qual das unidades vai desejar trabalhar: Samu, Hran ou HRBz. Não será permitido alteração de local posteriormente. Quem deixar de indicar um local terá a inscrição cancelada. Confira a relação de vagas:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Secretaria de Saúde usará critério de pontuação para seleção dos aprovados, de acordo com formação acadêmica, experiência profissional e avaliação de cursos de qualificação. Não será realizada prova. A divulgação preliminar dos resultados está prevista para o dia 21 de dezembro, e o resultado final e a convocação dos profissionais ocorrem no dia 8 de janeiro de 2021.

GDF remobiliza leitos

A contratação dos novos médicos é mais uma das medidas tomadas pelo GDF no combate à covid-19. Na terça (24), o Executivo criou uma comissão para gerenciar a desmobilização e possível remobilização de leitos nos hospitais que atendem as vítimas da pandemia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A comissão vai se reunir semanalmente para decidir sobre a conversão, reverão ou devolução dos leitos exclusivos para covid-19 de acordo com as taxas epidemiológicas.

Aguarde mais informações

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
>



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade