Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Preso homem suspeito de matar e beber sangue da vítima no Itapoã

sangue

Da redação
[email protected]


A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu nesta quarta-feira (15) o “Vampiro do Itapoã”. Trata-se do homem suspeito da morte de Heraldo José de Carvalho, 43. Também conhecido como “Pivetão”, o jovem de 24 anos teria matado Heraldo com golpes de facão, bebido o sangue dele e jogado o corpo em uma manilha — ato que dificultou o trabalho do Corpo de Bombeiros (CBMDF).

O crime ocorreu na região da Fazendinha, no Itapoã. “Pivetão” teria tido a ajuda do irmão e de mais uma pessoa para cometer o crime. Antes do ato, ocorrido na última segunda (13), ele chegou a dizer aos vizinhos que estava com “vontade de beber sangue humano”.

A motivação teria sido o descumprimento de um acordo. Heraldo (vítima) foi pago com pedras de crack para fazer uma cerca para o suposto criminoso, que teria matado Heraldo após ele não fazer o serviço combinado.

Crime macabro

O teor macabro do crime aumentou ainda mais quando a Polícia foi à casa do suposto autor. Lá, foram encontradas vísceras de animais, cachorros mortos, penas e aves, gatos maltratados.

Desde 2017, “Pivetão” estava em liberdade provisória. Com 24 anos, o jovem já tem passagem por lesão corporal e violência doméstica, sendo enquadrado na Lei Maria da Penha à época.


Você pode gostar
Publicidade