Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Posse de Bolsonaro deve levar 500 mil pessoas à Esplanada dos Ministérios

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Rafaella Panceri
rafaella.panceri@grupojbr.com

As forças de segurança interditaram a Esplanada dos Ministérios na manhã deste domingo para ensaiar a dinâmica do dia da posse presidencial, 1º de janeiro de 2019. De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), 500 mil pessoas devem acompanhar a cerimônia, que começa às 15h.

Toda a Esplanada ficará cercada. Haverá apenas uma entrada para o evento: a pista do Eixo Monumental ao lado da Rodoviária do Plano Piloto, no sentido Congresso Nacional. A partir dali, o tráfego está permitido apenas para pedestres.

Esplanada fica interditada para ensaios até as 19h deste domingo (23). Foto: Kléber Lima/Jornal de Brasília

A orientação da PM, responsável pela segurança do público, é que as pessoas cheguem ao local com antecedência, por meio de transporte público ou por aplicativo. No segundo caso, o ideal é pedir para desembarcar na Rodoviária do Plano Piloto e seguir a pé.

Pessoas com problemas de locomoção podem pedir apoio policiais militares no local. Haverá distribuição gratuita de água pela Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb).

Todos os objetos estão proibidos. Skates, bicicletas e guarda-chuvas são exemplos citados pela PM. Além deles, carrinhos de bebê, máscaras, produtos inflamáveis, fogos de artifício, drones, animais, bebidas alcoólicas, laser, armas de fogo e objetos cortantes estão vedados. O ideal é levar apenas o necessário, como carteira e documentos.

Operação Posse quer evitar atentado contra Bolsonaro e controlar o fluxo de pessoas. Foto: Kléber Lima/Jornal de Brasília

Esquema de segurança
As forças de segurança do DF e da Presidência da República montaram a Operação Posse para organizar o público e evitar um novo atentado contra o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Cerca de 2,6 mil policiais militares trabalharão na Esplanada, além de 36 agentes do Detran e 350 militares do Corpo de Bombeiros. Vinte e cinco viaturas estarão a postos.

» Trânsito
29 de dezembro: a partir da meia-noite, as vias N1 e S1 serão fechadas para o trânsito de veículos, entre o Corpo de Bombeiros no acesso à L4 Norte e o Buraco do Tatu, ao lado da Catedral.

30 de dezembro: além das vias N1 e S1, as vias N2 e S2 também serão interditadas para o trânsito de veículos e pedestres. Apenas pessoas credenciadas e envolvidas na organização da cerimônia de posse poderão circular. O trânsito estará liberado na L2 Sul e Norte e na L4 Sul e Norte.

31 de dezembro: a partir da meia-noite, o bloqueio da via S1 será feito desde a parte leste da Rodoviária. Motoristas que estiverem na via L2 Norte não poderão acessar a Esplanada (via N1). A via N2 será bloqueada da partir da via L4 Norte até a altura do prédio do Incra (em frente ao Teatro Nacional). A ligação entre as vias L2 Sul e Norte não estará bloqueada, assim como as vias L4 Sul e Norte, onde o trânsito estará liberado.

1º de dezembro — Dia D: a partir das 8h, o bloqueio das vias N1 e S1 será eito a partir da Rodoviária. Ônibus de linha poderão fazer o retorno na alça leste da Rodoviária. Nenhum outro ônibus ou veículo leve terá acesso à pista. O trânsito será desviado da via S1 para o Eixo Rodoviário Sul.

» Onde estacionar
— Setores de Autarquia Sul e Norte.
— Setores Bancário Sul e Norte.
— Setores de diversão Sul e Norte.
— Plataforma superior da Rodoviária de Brasília.
— Shoppings Conjunto Nacional e Conic.
— Estádio Nacional de Brasília e Ginásio Nilson Nelson.
— Pessoas com Necessidades Especiais (PNE) poderão parar os carros no estacionamento do Teatro Nacional. A credencial emitida pelo órgão de trânsito deverá ser apresentada.

» Eixão do Lazer
No dia 1º de janeiro, não haverá o Eixão do Lazer, porque o trânsito de veículos será permitido nos Eixos Norte e Sul.

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade