fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Posse de Bolsonaro deve levar 500 mil pessoas à Esplanada dos Ministérios

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Rafaella Panceri
rafaella.panceri@grupojbr.com

As forças de segurança interditaram a Esplanada dos Ministérios na manhã deste domingo para ensaiar a dinâmica do dia da posse presidencial, 1º de janeiro de 2019. De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), 500 mil pessoas devem acompanhar a cerimônia, que começa às 15h.

Toda a Esplanada ficará cercada. Haverá apenas uma entrada para o evento: a pista do Eixo Monumental ao lado da Rodoviária do Plano Piloto, no sentido Congresso Nacional. A partir dali, o tráfego está permitido apenas para pedestres.

Esplanada fica interditada para ensaios até as 19h deste domingo (23). Foto: Kléber Lima/Jornal de Brasília

A orientação da PM, responsável pela segurança do público, é que as pessoas cheguem ao local com antecedência, por meio de transporte público ou por aplicativo. No segundo caso, o ideal é pedir para desembarcar na Rodoviária do Plano Piloto e seguir a pé.

Pessoas com problemas de locomoção podem pedir apoio policiais militares no local. Haverá distribuição gratuita de água pela Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Todos os objetos estão proibidos. Skates, bicicletas e guarda-chuvas são exemplos citados pela PM. Além deles, carrinhos de bebê, máscaras, produtos inflamáveis, fogos de artifício, drones, animais, bebidas alcoólicas, laser, armas de fogo e objetos cortantes estão vedados. O ideal é levar apenas o necessário, como carteira e documentos.

Operação Posse quer evitar atentado contra Bolsonaro e controlar o fluxo de pessoas. Foto: Kléber Lima/Jornal de Brasília

Esquema de segurança
As forças de segurança do DF e da Presidência da República montaram a Operação Posse para organizar o público e evitar um novo atentado contra o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Cerca de 2,6 mil policiais militares trabalharão na Esplanada, além de 36 agentes do Detran e 350 militares do Corpo de Bombeiros. Vinte e cinco viaturas estarão a postos.

» Trânsito
29 de dezembro: a partir da meia-noite, as vias N1 e S1 serão fechadas para o trânsito de veículos, entre o Corpo de Bombeiros no acesso à L4 Norte e o Buraco do Tatu, ao lado da Catedral.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

30 de dezembro: além das vias N1 e S1, as vias N2 e S2 também serão interditadas para o trânsito de veículos e pedestres. Apenas pessoas credenciadas e envolvidas na organização da cerimônia de posse poderão circular. O trânsito estará liberado na L2 Sul e Norte e na L4 Sul e Norte.

31 de dezembro: a partir da meia-noite, o bloqueio da via S1 será feito desde a parte leste da Rodoviária. Motoristas que estiverem na via L2 Norte não poderão acessar a Esplanada (via N1). A via N2 será bloqueada da partir da via L4 Norte até a altura do prédio do Incra (em frente ao Teatro Nacional). A ligação entre as vias L2 Sul e Norte não estará bloqueada, assim como as vias L4 Sul e Norte, onde o trânsito estará liberado.

1º de dezembro — Dia D: a partir das 8h, o bloqueio das vias N1 e S1 será eito a partir da Rodoviária. Ônibus de linha poderão fazer o retorno na alça leste da Rodoviária. Nenhum outro ônibus ou veículo leve terá acesso à pista. O trânsito será desviado da via S1 para o Eixo Rodoviário Sul.

» Onde estacionar
— Setores de Autarquia Sul e Norte.
— Setores Bancário Sul e Norte.
— Setores de diversão Sul e Norte.
— Plataforma superior da Rodoviária de Brasília.
— Shoppings Conjunto Nacional e Conic.
— Estádio Nacional de Brasília e Ginásio Nilson Nelson.
— Pessoas com Necessidades Especiais (PNE) poderão parar os carros no estacionamento do Teatro Nacional. A credencial emitida pelo órgão de trânsito deverá ser apresentada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
» Eixão do Lazer
No dia 1º de janeiro, não haverá o Eixão do Lazer, porque o trânsito de veículos será permitido nos Eixos Norte e Sul.

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade