Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Missa no DF homenageia vítimas de incêndio no Ninho do Urubu

Matheus Venzi
Especial para o Jornal de Brasília

As vítimas da tragédia do incêndio no Centro de Treinamento George Helal (Ninho do Urubu), do Clube de Regatas do Flamengo, foram homenageadas em uma missa na Paróquia São Judas Tadeu, na Asa Sul, na manhã deste domingo (10). A solenidade foi realizada pelo padre Godwin Nnaeneka Uchego, com a presença do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), e do embaixador do Flamengo em Brasília, Leonardo Buarque.

“Essas tragédias, do Flamengo e em Brumadinho, nos levam a reflexão de que algo precisa mudar. O que dói no coração é que poderia ser evitado. Mas, não é um momento de fazer julgamentos, é um momento de lamentar”, disse o padre Godwin, que encerrou a solenidade puxando o canto de um trecho do hino do clube carioca.

O servidor público Heitor Brito, 47 anos, e a professora Anamari, 40, levaram as filhas Rebeca e Mariana para prestar homenagem aos garotos do Ninho. “É triste demais. Eram crianças que viviam longe das famílias. A dor não é só por sermos flamenguistas, é pelos familiares “, comenta a professora Anamari.

Foto: Matheus Venzi/Especial para o JBr

“Jogar futebol não era só um sonho dessas crianças, mas, das famílias também. O acontecimento evidencia a falta de cuidado nos centros de treinamentos de esportes, falta fiscalização”, comenta o governador. Ele foi presenteado pelo padre Godwin com um pequeno chaveiro. De um lado do objeto, a imagem de São Judas Tadeu, padreiro do Flamengo, do outro lado, o escudo do clube. No sábado, o governador já havia aparecido com camisa do Flamengo, em homenagem ao ocorrido.

O embaixador do Flamengo em Brasília, Leonardo Buarque, quer organizar um novo ato solidário com a presença de flamenguistas. “A torcida está consternada. Todo mundo está sofrendo muito com o que aconteceu. Não conseguimos imaginar o que as famílias estão passando. O Flamengo está dando todo o suporte para as famílias e para os sobreviventes. Além disso, o clube está apurando internamente as causas do acidente”, disse.

A primeira-dama Mayara Noronha, o governador Ibaneis Rocha e o embaixador do Flamengo Leonardo Buarque assistiram a missa lado a lado. Foto: Matheus Venzi/Especial para o JBr

 

Você pode gostar
Publicidade