fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Governo elabora decreto para a reabertura das atividades na Ceilândia e no Sol Nascente

As duas regiões possuem números de cumprimento do isolamento social inferior ao de outras cidades com um número similar de habitantes

Lucas Valença

Publicado

em

PUBLICIDADE

Servidores ligados às administrações da Ceilândia e do Sol Nascente/Pôr do Sol estão no aguardo de um novo decreto de reabertura que deve ser assinado esta semana pelo governador Ibaneis Rocha (MDB). Atualmente as duas cidades estão com restrições superiores ao de outras localidades do DF. “Aqui temos um meio lockdown”, resumiu o administrador do Sol Nascente, Goudim Carneiro.

As duas regiões possuem números de cumprimento do isolamento social inferior ao de outras cidades com um número similar de habitantes. As localidades, no entanto, em especial o Sol Nascente, apresentam uma renda média per capita inferior ao de outras RAs.

A expectativa de funcionários das regiões administrativas, no entanto, é de que um novo decreto de reabertura saia nesta quarta-feira (15) ou na quinta-feira (16). “Vai sair alguma novidade no sentido de reabrir as atividades na Ceilândia”, afirmou um interlocutor da administração à reprotagem.

Segundo Goudim Carneiro, há o entendimento por parte do comando do governo local de que parte da população da região não tem mais como cumprir o isolamento social de maneira rígida. Ele explica que a população não tem mais cumprido a reclusão por uma questão de necessidade. “O povo daqui ganha dinheiro num dia para comer no outro”, afirmou o emedebista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A decisão final, contudo, ressaltou o administrador, deverá ficar a cabo da equipe técnica da Secretaria de Saúde.

Já o administrador da Ceilândia, Marcelo Piauí, declarou à reportagem que “todos estão anciosos”, mas que ainda aguarda a notícia da liberação por parte do Buriti.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade