Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Diretor de marketing do BB é demitido após Bolsonaro vetar campanha

Publicado

em

campanha BB

Um vídeo de 30 segundos. Nele, uma campanha publicitária do Banco do Brasil cujos protagonistas são um grupo de jovens de estilos variados. Eles usam de gírias e bordões modernos para recomendar a abertura de conta e o download do aplicativo do Banco do Brasil. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) não gostou, a campanha saiu do ar e o diretor de marketing do banco foi demitido.

A campanha estava no ar desde o começo do mês, e Bolsonaro assistiu ao vídeo há cerca de dez dias. Depois que viu, o presidente ligou no presidente do Banco do Brasil, Rubem Novais, e solicitou a exclusão das imagens, bem como a demissão do diretor de marketing. “O presidente Bolsonaro e eu concordamos que o filme deveria ser recolhido. A saída do diretor é uma decisão de consenso, inclusive com aceitação do próprio”, afirmou Novaes ao colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo. A assessoria do BB informou ao jornal, ainda, que o vídeo saiu do ar porque “faltaram outros perfis” de jovens.

O diretor demitido é Delano Valentim. Ele está de férias e, quando voltar, não deve trabalhar mais pelo banco.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade 
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade