fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Cadeirante reage a assalto em ônibus, é alvejado e vem a óbito

Vítima segurou a perna do suspeito para que ele não fugisse. Assaltante deu um tiro para o alto e outro no tórax do cadeirante, que morreu no local

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

Willian Matos
redacao@grupojbr.com

Um homem portador de necessidades especiais reagiu a um assalto em um ônibus, foi alvejado pelo suspeito e acabou vindo a óbito. O caso aconteceu nesta terça-feira (29), pouco antes de 11h.

O suspeito de cometer o assalto adentrou o ônibus e fez o anúncio. Em uma bolsa, ele foi guardando os pertences dos cerca de 40 passageiros que estavam no coletivo. Quando ia descer, o cadeirante segurou a perna dele, tentando impedir que ele fugisse do local.

O homem deu um tiro para cima na tentativa de fazer o cadeirante soltar sua perna, mas ele continuou segurando. Daí, o suspeito atirou no tórax da vítima. Quando o Corpo de Bombeiros (CBMDF) chegou ao local, encontrou Marcílio Pereira da Silva Neto, 57 anos, já sem vida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O coletivo fazia a linha 640.2 (Planaltina – W3 Norte/Sul). O assalto teria sido anunciado na altura da garagem da Viplan, em Sobradinho.

Até a última atualização desta matéria, ninguém havia sido preso. A Polícia Militar (PMDF) está utilizando uma aeronave para procurar o suspeito.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade