Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Buscas por uma possível vítima do desabamento em Vicente Pires ultrapassam 55 horas

Publicado

em

Jéssica Antunes
[email protected]

As buscas por uma possível vítima do desabamento de um prédio na antiga Colônia Agrícola Samambaia, em Vicente Pires, já ultrapassam 55 horas. O prédio ruiu por volta do meio dia de sexta-feira e os militares ainda lutam contra os escombros para chegar ao local onde estaria um empresário que está desaparecido.

Trinta militares se revezam na retirada dos escombros do bloco do prédio. Ao anoitecer, montaram estrutura de iluminação para manter as buscas de forma ininterrupta. Segundo o Corpo de Bombeiros, a principal preocupação é com a segurança dos militares que trabalham na operação.

“Estamos trabalhando com a presunção de vítima e que ela esteja com vida. Estamos retirando o material pesado para abrirmos uma entrada e, encontrando a vítima, se ainda com vida, podermos preservar o quadro de saúde”, explica o major Lourival Correia, porta-voz do CBMDF.

Neste domingo o Corpo de Bombeiros afirmou que é possível ter ocorrido uma morte no desabamento do prédio.

“Foram encontrados fezes, sangue e visualizamos um tecido. Há fortes indícios de que há um corpo por ali. Ainda não confirmado devido a grande quantidade de poeira e escombros no local que dificultam a identificação definitiva”, afirmou o major.

A possível vítima seria um empresário. Os familiares acusaram o sumiço do homem no fim do dia em que ocorreu o desabamento. Segundo a família Agmar Silva, 54 anos, não trabalhava na obra. Ele técnico em edificações e sócio da arquiteta que fez o projeto e teria sido chamado para opinar sobre um problema apresentado no edifício. A família acompanha as buscas no local do acidente.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade 
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

    Charge do dia
Publicidade