Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

UTI: 221 pacientes aguardam leito na capital

Nesta quinta-feira (22), a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está em 99,10% nos hospitais públicos do DF

Por Guilherme Gomes 22/04/2021 8h39
Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Nesta quinta-feira (22), a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está em 99,10% nos hospitais públicos do DF. Isso porque nove leitos estão vagos para pacientes adultos, de acordo com a última atualização do InfoSaúde-DF, feita às 8h25.

A situação nos hospitais particulares é um pouco melhor, mas ainda preocupa. A taxa de ocupação dos leitos de UTI gerais está em 84,48%. As UTIs Covid-19 permanecem lotadas com 95,92%. Apenas dezessete leitos para pacientes adultos estão disponíveis.

Lista de Espera

Até o momento da publicação desta reportagem, 221 pacientes aguardam leito de UTI na capital. Desse total, 126 são pessoas com suspeita ou confirmação de Covid-19.

Covid-19 na capital

O Distrito Federal (DF) registrou, nas últimas 24 horas, 884 novos diagnósticos de covid-19. Desde o início da pandemia, 369.808 pessoas já foram infectadas na capital e, até quarta-feira (21), 10.269 casos estavam ativos.

As regiões com mais casos confirmados são Ceilândia (40.624), Plano Piloto (35.229) e Taguatinga (29.540). Nas últimas 24 horas foram registrados 44 óbitos, sendo que, deste total, seis faleceram nesta quarta (21).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Do total de 369.808 mil casos, 7.388 (2,0%) faleceram em decorrência de complicações causadas pelo vírus e 352.151 (95,2%) estão recuperados. Do total de óbitos, 608 eram moradores de outros estados.

Vacinação no DF

O último boletim informativo revela o número de 371.394 vacinados da primeira dose e mais 177.875 pessoas que levaram a segunda dose. Nas últimas 24h foram 465 vacinados da primeira dose e 2.691 da segunda dose, o que é considerado pouco em comparação com dias anteriores. O feriado devido ao aniversário de 61 anos de Brasília pode ter afetado os registros da imunização.

A vacinação contra a Covid-19 começou no Distrito Federal no dia 19 de janeiro. Já foram recebidas 536.560 doses da vacina CoronaVac, que é produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Além das 175.750 mil doses da vacina Covishield, desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford, com a farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar