Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Trabalhadores do Correios discutem hoje se entrarão em greve por tempo indeterminado

Os servidores pedem o restabelecimento do atual Acordo Coletivo que teria vigência até 2021 e condições para trabalhar durante a pandemia

Os trabalhadores do Correios de todo o país vão discutir, nesta segunda-feira (17), às 18h30, em Assembleias nacionais se entram ou não em greve por tempo indeterminado. 

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos do Distrito Federal e Região do Entorno (SINTECT/DF) também realizará assembléia, em frente à sede dos Correios. 

Os servidores pedem o restabelecimento do atual Acordo Coletivo que teria vigência até 2021. Desde o dia 1º de agosto, a direção da empresa excluiu 70 cláusulas trabalhistas prevista no Acordo Coletivo, como licença maternidade de 180 dias, pagamento de adicional noturno, horas extras, indenização por morte, auxílio creche, entre outros.

O aumento da participação dos trabalhadores percentualmente no plano de saúde também vem onerando os ecetistas, e causando debandada em massa no plano de saúde da categoria. Além disso, os trabalhadores estão mobilizados contra a negligência dos Correios em relação à Covid-19, com falta de equipamentos adequados, alcool em gel, testagem de trabalhadores.

Desde o início da pandemia, a categoria vem travando uma verdadeira batalha judicial para garantir testagem, liberação de trabalhadores em grupo de risco e aqueles que coabitam com grupos de risco e que possuem crianças em idade escolar.

A Assembleia terá também transmissão AO VIVO pelo Facebook do Sindicato.

Serviço

Assembleia para Deflagração de GREVE
SINTECT/DF
Data: 17/08 (segunda-feira)
Horário: A partir de 18h30
Local: Em frente à sede dos Correios, SBN Quadra 01 Bloco A 20º andar. Ed. Sede dos Correios – Brasília/DF

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar