Brasília

Tempo instável em Brasília nos próximos dias

Uma combinação de baixa pressão e altas temperaturas podem ocasionar fortes chuvas

Por Catarina Lima 26/01/2021 5h53
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Os brasilienses podem ser surpreendidos por chuvas fortes ao longo dos próximos dias. A precipitação intensa da última segunda-feira, com rajadas de vento e até queda de granizo, causada por uma combinação de baixa pressão e altas temperaturas pode se repetir. Nuvens carregadas podem gerar instabilidade. A previsão é da meteorologista Naiane Araújo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). De hoje até sexta-feira é aconselhável sair de casa portando camiseta, chapéu, mas sem esquecer o guarda-chuvas.

“Pode chover forte de forma localizada. Na segunda-feira, choveu apenas na região sudoeste da cidade. Em Planaltina e no Paranoá continuou o tempo firme”, explicou. Naquele dia os ventos chegaram a 63km/h. Na tarde desta terça-feira (26), fortes chuvas atingiram diversas regiões do DF, como Asa Sul, Asa Norte e SIG. Veja imagens abaixo:

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado em diversas localidades para retirar árvores que caíram em decorrência do temporal. Segundo a corporação, até o momento já foram registradas 30 ocorrências de queda de árvores, mas nenhuma vítima. A prioridade é para liberação das vias da capital. Algumas regiões do DF registraram, também, a presença de granizo.

A média de chuvas no Distrito Federal para janeiro é de 209,4 milímetros. Até agora, a seis dias do fim do mês, já choveu 207,2 milímetros. Ontem, às 16 horas, os termômetros na cidade marcavam 27ºC. O Inmet previu a máxima de 29ºC e a mínima de 17ºC. Os reservatórios de Santa Maria e do Descoberto registravam níveis de 96,1% e 84,9%, respectivamente. Quem quiser aproveitar o final de semana para praticar atividades ao ar livre pode aproveitar, pois de acordo com a meteorologia, o tempo vai ficar firme no sábado e no domingo.

Fevereiro de chuvas irregulares

Naiane adiantou que de acordo com a previsão meteorológica, o mês de fevereiro será de chuvas irregulares, mas dentro da média prevista para o período. O mesmo deverá acontecer em março. As chuvas começam a reduzir a quantidade em abril, quando a cidade se prepara para o período de seca.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A previsão do Inmet para os próximos dez dias na região Centro-Oeste é de que chuvas mais intensas ocorram no centro-norte do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e oeste de Goiás, com acumulados entre 60 e 120 milímetros de chuva. São previstos acumulados entre 10 e 50 milímetros nas demais localidades.

Ações recomendadas pelo Climatempo:

  • Em caso de rajadas de vento não se abrigar debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda;
  • Evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada.
  • Mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar