Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Setor de Rádio e TV Sul: obra atinge 60% de execução

A ação foi iniciada em setembro de 2020 e tem previsão de entrega para julho deste ano

Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Com o objetivo de de readequar o sistema viário, adaptar a acessibilidade, paisagismo, drenagem e pavimentação, o GDF investiu para reformar o Setor de Rádio e TV Sul (SRTVS). O obra atingiu 60% de execução e quem passa pelo local percebe que alguns trechos estão quase concluídos. A ação foi iniciada em setembro de 2020 e tem previsão de entrega para julho deste ano.

“Há muito o local precisava passar por ampla reforma. O projeto já existia, mas, como muitos outros, estava parado, sem previsão de execução. O que fizemos foi resgatar essa demanda, atualizar o projeto via Seduh, licitar e transformar essa importante obra em realidade. Fizemos o mesmo com a W3 Sul e com o Setor Comercial Sul. Não medimos esforços para reformar essas áreas nobres e importantes para o comércio do DF. Além de recuperar o patrimônio da cidade, conseguimos gerar emprego e renda a milhares de pessoas”, explica a secretária executiva da Secretaria de Obras, Janaína Chagas.

Ao final da reforma, o SRTVS terá 20 mil m² de novas calçadas, 130 bancos e 80 espécies de árvores para garantir sombra. As calçadas serão largas, com o mínimo de 1,5m e o máximo de 8m, seguindo os moldes dos novos passeios da Avenida W3, com piso pré-moldado de 40 centímetros quadrados.

Nos três pontos de entrada, serão usados tons de vermelho, cinza e branco para dar caracterização especial e atrativa. Além disso, os locais de travessia para pedestres terão plataforma elevada – nivelando o asfalto à calçada –, reforçando a prioridade para pessoas em relação aos veículos.

Outra novidade é que o endereço será uma Zona 30, com velocidade máxima permitida de 30 km/h, como ocorre no Setor Hospitalar Sul. Desta forma, veículos e bicicletas podem compartilhar as vias de forma mais segura. Pensando nas “magrelas”, o obra conta com a instalação de 36 paraciclos – suportes usados para o estacionamento deste tipo de transporte.

Confira serviços em execução na obra:

– Assentamento de placas de concreto tipo fulget de 40×40 e execução de calçadas em concreto semipolido;

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

– Drenagem: novas redes e ramais, bocas de lobo e caixas de passagem para águas pluviais;

– Aplicação de capa asfáltica em todas as vias;

– Execução de travessias elevadas em concreto;

– Execução de rampas de acesso às garagens, em concreto;

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

– Ampliação e criação de áreas de calçadas, para ampla acessibilidade;

– Instalação de pisos táteis direcionais e de alerta;

– Execução de golas de árvores para plantio de mudas e para preservação das árvores existentes;

– Criação de novas áreas de estacionamento em piso intertravado e piso asfaltado nas áreas de estacionamento já existentes;

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

– Instalação de balizadores a fim de evitar que os veículos estacionem nas calçadas.

Com informações da Agência Brasília

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





Você pode gostar