Menu
Brasília

Servidor do Detran é suspeito de ser despachante para agências de revenda de veículos

O órgão detectou as irregularidades, afastou o servidor e tem colaborado com a PCDF nas investigações

João Victor Rodrigues

01/03/2024 8h56

Foto: PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal, por meio da Delegacia de Repressão à Corrupção vinculada ao Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (DRCOR/Decor), deflagrou nesta sexta-feira (1) a Operação Transitaire. O objetivo é investigar um servidor de carreira do Detran/DF que teria recebido vantagens financeiras indevidas para praticar atos oficiais.

As investigações apontam que o servidor público, lotado em um Núcleo de Atendimento de Veículo, setor responsável por processos como transferências de UF, propriedade, primeiro emplacamento e alteração de categoria, teria realizado uma série de transferências veiculares para agências de revenda sem seguir os procedimentos legais, em troca de benefícios financeiros.

Foi constatado que o servidor agilizou de forma irregular a transferência de centenas de veículos, em um esquema que levantou suspeitas após comunicação da Coordenadoria Geral de Atendimento ao Usuário (CGATE/Detran). O órgão detectou as irregularidades, afastou o servidor e tem colaborado com a PCDF nas investigações.

As buscas realizadas têm como objetivo fortalecer os elementos já obtidos, visando concluir o inquérito em andamento. A ação também busca coletar mais evidências para reforçar os indícios presentes no Inquérito Policial e direcionar as investigações, incluindo a possível participação de outras pessoas, inclusive servidores.

O suspeito está sendo investigado pela possível prática dos crimes de Corrupção Passiva e Associação Criminosa. Se condenado, as penas podem chegar a 15 anos de prisão.

O nome da operação, de origem francesa e tradução livre como “despachante”, refere-se à conduta do investigado. Apesar de ser servidor de carreira, atuava como se fosse um despachante para as agências de revenda de veículos.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado