Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Roubo de tampas de bocas de lobo causa prejuízo de quase R$ 400 mil

Segundo a Novacap, responsável por fazer as reposições a pedido das administrações do DF, a maioria dos furtos acontece no Plano Piloto

Foto: Ascom/Novacap

Com o roubo de 400 bocas de lobo em diversas regiões administrativas, o Distrito Federal teve um prejuízo de R$384 mil. Confeccionada em ferro, cada grelha roubada custa R$960 reais, no entanto, são vendidas em ferros velhos por muito menos: R$50 reais.

Segundo a Novacap, responsável por fazer as reposições a pedido das administrações das regiões do DF, a maioria dos furtos acontece no Plano Piloto. Os pontos favoritos dos ladrões são as tesourinhas da Asa Sul, onde em apenas uma noite, foram roubadas 13 tampas. Entretanto, os casos são registrados em toda a cidade.

“Diariamente a Novacap faz a reposição de grelhas de bocas de lobo em todo o DF. E, infelizmente, os furtos aumentaram durante a pandemia, causando grandes transtornos para a população, já que bueiros abertos são responsáveis por acidentes e favorecem alagamentos”, afirma o presidente da Novacap, Fernando Leite.

Sem contar com os prejuízos, ele acrescenta. “No ano passado, o governo gastou cerca de R$ 350 mil reais com a reposição dessas grelhas furtadas. Em parceria com a população e órgãos de fiscalização, estamos intensificando as ações para que esse crime seja combatido”, diz Leite.

O gasto com a reposição absorve recursos públicos que poderiam ser usados em outras obras. Além disso, há o custos com pessoal que realiza o trabalho de manutenção.

A retirada das tampas dos bueiros pode causar inúmeros prejuízos à comunidade, como entupimento de galerias pluviais, por causa do lixo, terra e entulhos que entram nas redes. Também pode haver acidentes com ciclistas, motoristas, pedestres e animais.

A Novacap trabalha cuidando das bocas de lobo por meio de limpeza, desobstrução e reposição das tampas furtadas. A empresa recomenda que esse tipo de crime seja denunciado e que as pessoas não comprem as tampas roubadas. Outra coisa recomendada é que, quem vir um bueiro sem tampa deve entrar em contato com a administração de sua região administrativa ou com a Novacap, por meio do telefone 162, onde o pedido de manutenção será registrado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com informações da Agência Brasília








Você pode gostar