Brasília

Programa realiza pagamento do Bolsa Alimentação

Créditos de janeiro beneficiam 129 mil estudantes e crianças, que tiveram segurança alimentar durante a pandemia

Foto: Álvaro Henrique/Secretaria de Saúde

Nesta quarta-feira (20), os créditos referentes às bolsas Alimentação e Alimentação Creche foram disponibilizados. Devido a pandemia de Covid-19 e encerramento tardio do ano letivo de 2020, essa vai ser a última parcela dos benefícios, que atendem 129 mil estudantes e crianças matriculadas em creches.

Os programas foram criados em março, no início da pandemia da covid-19, para garantir a segurança alimentar e nutricional dos estudantes durante a suspensão das atividades presenciais. O investimento, desde então, passa de R$ 133 milhões.

Escolas

Os beneficiários da Bolsa Alimentação recebem proporcionalmente ao número de dias em que o estudante estaria na escola. Ao todo, em janeiro são 20 dias letivos. O valor por refeição é de R$ 3,98. Com isto, para aqueles que faziam uma refeição na escola, o crédito é de R$ 79,60. Já para os que faziam duas refeições, o pagamento é de R$ 159,20.

O total investido no benefício em janeiro é R$ 9.008.332. Têm direito a receber os 106.435 estudantes da rede pública que fazem parte do programa Cartão Material Escolar (CME), cujas famílias são beneficiárias do Bolsa Família.

Creches

A Bolsa Alimentação Creche é destinada a 23 mil crianças matriculadas nas instituições parceiras e para as que são atendidas em creches da rede pública. O valor é fixo: R$ 150 por mês. O investimento neste mês é de R$ 3.477.690.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da Agência Brasília






Você pode gostar