Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

PCDF mira organização suspeita de furtar 35 carros em um ano

De acordo com investigações, grupo furtava os veículos, adulterava os sinais identificadores e depois fazia a revenda. Pelo menos 8 pessoas são investigadas

Por Willian Matos 10/02/2020 9h51

A Polícia Civil (PCDF) deflagrou, nesta segunda-feira (10), uma operação contra uma organização suspeita de atuar em furtos de veículos no Distrito Federal. Segundo investigações da Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri), o grupo teria atuado em pelo menos 35 furtos a carros no período de um ano.

De acordo com o delegado da Corpatri, André Luís Leite, os carros eram roubados em várias regiões do DF e levados para municípios do Entorno. Lá, o grupo adulterava os sinais identificadores dos veículos e, posteriormente, revendia alguns deles e desmontava outros para comercializar as peças.

O vídeo abaixo mostra uma das ações criminosas do grupo. Um homem aparece agachado ao redor de um GM Kadett. Em determinado momento, ele abre a porta do veículo e sai dirigindo. Para a PCDF, trata-se de um dos crimes cometidos: 

O grupo é composto por pelo menos oito pessoas, com idades entre 21 e 56 anos e tarefas bem divididas. Ainda de acordo com as investigações, todos possuem passagens por crimes de furto, receptação, roubo e adulteração de veículos e associação criminosa.

A operação foi batizada de Solarius. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos em Gama, Santa Maria, Novo Gama-GO, Valparaíso de Goiás-GO e Luziânia-GO.








Você pode gostar