Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Operação Verde Vivo tenta conter incêndios em vegetação

Os incêndios correspondem a 3.432 de área queimada. Apenas no mês de julho foram atendidos 989 chamados, com uma área queimada de 2.180

Mais de 1.782 ocorrências de incêndio em vegetação foram atendidas no Distrito Federal este ano, segundo o  Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). Os incêndios correspondem a 3.432 de área queimada. Apenas no mês de julho foram atendidos 989 chamados, com uma área queimada de 2.180.

Em 2019 foram atendidas 10.273 ocorrências, com uma área queimada de 16.177 hectares. Até o dia 31 de julho foram atendidos 3.172 chamados, com uma área queimada de 3.035. Apenas no mês de julho foram atendidos 1.914 chamados, com uma área queimada de 2.280 e seis hectares.

No ano de 2020 foram atendidas 7.915 ocorrências, que somaram uma área queimada de 20.670 e seis hectares. Até o dia 31 de julho foram atendidos 2.330 e sete chamados, com uma área queimada de 3.418 hectares. Somente no mês de julho de 2020 foram atendidos 1.450 e nove chamados, com uma área queimada de 2.9402  hectares.

Nesta quinta-feira, 05, até as 19h, recebemos 72 chamados para ocorrências de incêndio em vegetação. Estão disponíveis para atender essas operações: 125 Bombeiros Militares, 26 viaturas e 2 aviões. Em caso de locais de difícil acesso para a tropa a pé ou por viatura, é possível ainda o uso do helicóptero para desembarque de pessoal.

O CBMDF solicita a todos que não queimem o lixo nem os restos de podas, façam aceiro em torno de suas propriedades e residências, não façam fogueiras em área de vegetação, apaguem adequadamente os cigarros e não os lancem pela janela do carro para evitar novos focos.






Você pode gostar