Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

“Operação sugar daddy” prende homem por crimes sexuais

O homem agia entrando no site de relacionamentos, onde selecionava mulheres com idade média de 21 anos

Por Geovanna Bispo 12/05/2021 4h03
Foto: Divulgação

Um homem de 45 anos foi preso nesta terça-feira (11) em Goiânia (GO) acusado de sete crimes sexuais, todos cometidos no Distrito Federal. Segundo a Polícia Federal, os casos ocorrem desde o meio de 2020.

O homem agia entrando no site de relacionamentos, onde selecionava mulheres com idade média de 21 anos. Lá, o suspeito se passava por um homem mais velho e prometia um relacionamento conhecido como “sugar daddy” e “sugar baby”, que consiste no namoro entre duas pessoas de idades distintas, onde uma delas é sustentada em troca de relação amorosa.

Após a promessa, o suspeito marcava um encontro em um motel, onde mantinha relação sexual consentida com as vítimas e, posteriormente, as obrigava, sob ameaças, a gravar os atos. Dias após o crime, ele entrava em contato com elas e exigia que fossem realizadas vídeochamadas e novos encontros para a prática de mais atos libidinosos, dessa vez sob ameaças de divulgação dos vídeos e imagens em redes sociais.

“… E você sabe que o que você fez foi bem errado. Eu não tenho para que mentir”, diz uma das mensagens trocadas pelos envolvidos.

Os casos teriam acontecido em Candangolândia, Taguatinga, São Sebastião, Planaltina, Brasília, Gama e remotamente, entre julho de 2020 e março de 2021.






Você pode gostar