Menu
Brasília

Novo programa qualifica pessoas em manutenção de cadeiras de rodas

As inscrições para a primeira edição foram abertas nesta quinta-feira (14) e seguem até 18 de março no site da Sedet

Redação Jornal de Brasília

14/03/2024 18h15

O curso tem duração de 88 horas/aulas e está previsto para começar em 25 de março em espaço no Sol Nascente/Pôr do Sol (Quadra 206, Conjunto A, Lote 4) | Fotos: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

O Governo do Distrito Federal (GDF) lançou um novo programa de qualificação profissional, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet-DF). O Mãos na Roda promoverá uma capacitação em manutenção de cadeiras de rodas. As inscrições para a primeira edição foram abertas nesta quinta-feira (14) e seguem até 18 de março no site da Sedet, onde deve ser preenchido um formulário digital.

São 20 vagas para o curso de manutenção de cadeiras de rodas, sendo metade para o turno matutino (8h às 12h) e as outras 10 oportunidades para o período vespertino (14h às 18h). Todos os alunos também terão uma oficina de mentoria de carreira no turno vespertino. O curso tem duração de 88 horas/aulas e está previsto para começar em 25 de março em espaço no Sol Nascente/Pôr do Sol (Quadra 206, Conjunto A, Lote 4).

Podem se inscrever residentes do Sol Nascente/Pôr do Sol maiores de 14 anos, pessoas desempregadas, beneficiários do seguro-desemprego e estagiários ou menores aprendizes.

As inscrições para a primeira edição foram abertas nesta quinta-feira (14) e seguem até 18 de março no site da Sedet, onde deve ser preenchido um formulário digital

O resultado da seleção e convocação dos candidatos está previsto para 20 de março. A confirmação da matrícula deve ser feita entre 21 e 22 de março no endereço do curso com a apresentação dos documentos pessoais: carteira de identidade (RG) ou documento equivalente com foto e comprovação do CPF e comprovante de residência ou declaração de próprio punho.

Demanda de mercado

A ideia do programa surgiu para suprir uma demanda de mercado. “Brasília hoje não possui empresas especializadas na manutenção e adaptação de cadeiras de rodas, por exemplo. Por isso, nosso foco é constituir novos profissionais que possam dar manutenção nestes equipamentos, capacitando pessoas para um novo nicho de mercado”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Thales Mendes.

Além de capacitar novos profissionais, o curso ainda tem um viés social. Os alunos farão a manutenção de 50 cadeiras de rodas de pessoas em situação de vulnerabilidade. “São pessoas que não teriam condições de pagar uma manutenção que custa, em média, mais de R$ 1 mil. Vamos entregá-las praticamente novas. Vamos pintar e trocar pneu, rodinha, rolamento e tapeçaria”, comenta o idealizador e presidente do Instituto Mãos na Roda, Valdenir Pereira.

*Com informações de Adriana Iziel, da Agência Brasília

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado