Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Michelle Bolsonaro visita alojamento provisório no autódromo de Brasília

Após a passagem pelo autódromo, Michelle e Mayara foram ao Brasília Palace Hotel, em visita de cortesia ao programa de Hotelaria Solidária do GDF

Foto: Renato Raphael/Sedes

Na manhã desta quarta-feira (13), durante uma visita de cerca de meia hora, a primeira-dama da Presidência da República, Michelle Bolsonaro, conheceu o alojamento provisório do Autódromo Nelson Piquet.

Em companhia da secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, ela foi conhecer o funcionamento do local montado para receber pessoas em situação de rua durante o isolamento social necessário em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Além das instalações com estrutura de dormitórios, banheiros, lavatórios, refeitórios, área de TV e demais espaços, Michelle observou alguns dos serviços prestados, como o acompanhamento em saúde feito pelo Consultório na Rua, fruto de uma parceria com a Secretaria de Saúde (SES), e a entrega dos documentos de identidade, pela unidade móvel da Polícia Civil, bem como outras ações, como oficinas de produção artesanal, jogos lúdicos e afins. Tudo, sempre, respeitando as regras de prevenção e combate à Covid-19.

Medidas de isolamento

“É bom saber que o Governo do Distrito Federal tem esse olhar especial para as pessoas mais vulneráveis nesse momento da pandemia e ver a solidariedade, ver o voluntariado, as pessoas ajudando”, destacou Michelle. “Fiquei feliz em perceber que realmente essas pessoas estão recebendo o isolamento adequado.”

Uma “visitante” que recebeu o carinho tanto da primeira-dama quanto da secretária, amantes dos animais, foi a cadelinha Pandora. Trata-se de uma vira-latas de menos de um ano de vida, que faz a alegria e aquece o coração das pessoas abrigadas no alojamento.

Mayara Rocha fez questão de ressaltar para Michelle Bolsonaro que, além dessa unidade no Plano Piloto, outro espaço semelhante está em vias de ser inaugurado em Ceilândia. “Nosso objetivo é oferecer a esse público a possibilidade de cumprir o devido isolamento, mas sempre com a dignidade e o respeito que toda vida humana merece”, enfatiza.

Após a passagem pelo autódromo, Michelle e Mayara foram ao Brasília Palace Hotel, em visita de cortesia ao programa Sua Vida Vale Muito – Ação Hotelaria Solidária, uma iniciativa do GDF coordenada pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) para proteger idosos sem moradia adequada da Covid-19. Lá, onde estão acolhidas 300 pessoas com 60 anos ou mais selecionadas pelo programa, elas se encontraram com a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A visita ao projeto Hospedagem Solidária foi impactante. A gente vê que é um cenário de isolamento, mas que os idosos estão ali felizes, sendo bem acolhidos e bem cuidados. Muitos têm até o sentimento de que estão passando férias. Esse projeto é de extrema importância para esse público na pandemia, um isolamento adequado, com acolhimento e solidariedade, que mais importante nesse momento”, ressaltou a primeira-dama Michelle Bolsonaro.

A ação contempla idosos independentes, residentes no DF, que se encontrem em vulnerabilidade domiciliar, sob risco de contaminação, buscando a prevenção da Covid-19. Foram selecionados idosos de baixa renda, não infectados pelo coronavírus, que se encontrem em moradias onde não é possível fazer o distanciamento social. Os idosos podem permanecer no local por até três meses, com direito à alimentação, oficinas, atividades ao ar livre e acompanhamento com psicólogos e assistentes sociais. Não há custos para os hóspedes.

“O interesse da primeira-dama em conhecer o nosso programa é muito significativo neste momento em que a união de esforços é fundamental para que passemos por essa pandemia, oferecendo proteção aos idosos, os mais vulneráveis. Espero que esta ação desenvolvida no GDF possa inspirar outros estados do país”, enfatizou a secretária Marcela Passamani.

Alojamento provisório

O alojamento provisório instalado no Autódromo Internacional Nelson Piquet recebe a população em situação de rua do Distrito Federal desde 7 de abril. A estrutura montada nos paddocks do autódromo, desativado desde 2014, oferece dormitórios, banheiros, área para a lavagem de roupas e alimentação. O espaço tem a capacidade de receber até 200 pessoas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O cidadão não é obrigado a ficar lá o dia todo, mas existem horários e regras de convivência que precisam ser respeitadas. A medida visa proteger as pessoas vulneráveis e prestar a assistência adequada. A Sejus ainda ressalta a recomendação de higiene pessoal e o distanciamento mínimo preventivo para evitar qualquer possibilidade de contaminação pelo novo coronavírus.

 

Com informações da Agência Brasília

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar