Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Flores dos canteiros de Brasília são produzidas por reeducandas da Funap

Cerca de 200 reeducandas da penitenciária feminina receberam o benefício de trabalho, para revitalizar os canteiros

Fotos: Jhonatan Vieira / Funap

Que Brasília é atração turística e que é embelezada com flores, não é novidade. O que é novidade é que todos os canteiros de Brasília têm flores especialmente cuidadas pelas reeducandas da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap).

Cerca de 200 reeducandas da penitenciária feminina receberam o benefício de trabalho, por meio de contrato entre a Funap e a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

“O nosso trabalho é contribuir com o processo de ressocialização de pessoas que estão no sistema prisional”, explica o Secretário de Justiça e Cidadania, Jaime Santana.

O contrato vai beneficiar sentenciadas dos regimes aberto, semiaberto e aquelas sujeitas às medidas de segurança, para execução dos serviços de manutenção, conservação predial, limpeza, plantio, entre outros.

“Neste projeto, as reeducandas são capacitadas na produção de mudas de plantas arbóreas e ornamentais, as quais são utilizadas pela Novacap para embelezar Brasília”, ressalta a diretora da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap-DF), delegada Deuselita Martins.

Foto: Jhonatan Vieira / Funap

Além do ambiente acolhedor e da capacitação profissional, as reeducandas são beneficiadas com bolsa ressocialização, auxílio transporte e alimentação. A pena pode ser reduzida em um dia, após três dias trabalhados.

Vagas abertas

Atualmente apenas 90 vagas estão preenchidas, restando 110 vagas disponíveis para internas do regime aberto, uma vez que todas as que procuraram a Fundação buscando uma oportunidade de trabalho, já foram atendidas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Acredito que o trabalho é o melhor caminho para a ressocialização. As reeducandas trabalham em todas as etapas de produção das mudas destinadas ao Programa de Arborização da Novacap e das mudas que ornamentam as áreas verdes do Distrito Federal. Hoje podem se orgulhar do trabalho que fazem”, explica a chefe da Divisão de Agronomia da Novacap, Janaína Gonzales.

*Com informações da Funap








Você pode gostar