Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Emprego no DF: quinta-feira conta 191 oportunidades

A que paga o maior salário, de R$ 1.441 mais benefícios, é para o ofício de auxiliar de depósito

Foto: Agência Brasil

Pessoas com deficiência que buscam uma oportunidade de emprego podem se candidatar a uma das 12 vagas oferecidas pelas agências do trabalhador nesta quinta-feira (19). A que paga o maior salário, de R$ 1.441 mais benefícios, é para o ofício de auxiliar de depósito, para trabalhar no Setor de Indústrias/Guará. Para este cargo estão disponíveis cinco vagas.

Ainda para pessoas com deficiência, estão disponíveis duas oportunidades para ajudante de obras, com salário de R$ 1.221, mais benefícios. As outras são três para empacotador, no Lago Sul, com remuneração oferecida de R$ 1.335, mais benefícios, e duas para operador de caixa, em Ceilândia, com salário de R$ 1.355, mais benefícios. No total, as agências oferecem neste dia 191 vagas para empregos no DF.

Quem tiver formação em administração e tecnologia da informação e experiência como coordenador de restaurante, diretor de marketing e gerente de desenvolvimento de sistema poderá buscar uma vaga em cada uma das especialidades, que têm salário de R$ 6 mil.

Os ofícios que nesta quinta-feira oferecem o maior número de oportunidades são vendedor de porta a porta, com 20 vagas e salário de R$ 1.356, mais benefícios, sem local de trabalho definido, e pedreiro, com 15 vagas e salário de R$ 1.800, mais benefícios. Para a primeira vaga, a escolaridade requerida é o ensino fundamental incompleto e, para a segunda, não é exigida escolaridade. Em ambas não é necessário comprovar experiência.

Também estão disponíveis 21 vagas para açougueiro, sendo 11 para Sobradinho e 10 para Planaltina. Os salários variam de R$ 1.500 a R$ 1.700. Para a função é exigido o ensino fundamental e, para apenas uma das vagas, é necessário ter experiência.

Empregadores que desejarem ofertar vagas ou utilizar o espaço das agências do trabalhador para entrevistas podem se cadastrar pessoalmente nas unidades e pelo aplicativo do Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento através do e-mail [email protected]. Pode ser utilizado, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Trabalho.

*Com informações de Catarina Lima, da Agência Brasília

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar