Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Emater-DF oferece cursos gratuitos para melhoria de renda e segurança alimentar

Na região de Santa Maria, 23 agricultores e trabalhadores rurais participam do curso de Manejo de Agrotóxicos

Curso de manejo de agrotóxicos

Três cursos, que incentivam o aumento na renda dos produtores rurais, manutenção da saúde e segurança alimentar, estão em andamento pelo Centro de Formação Tecnológica e Desenvolvimento Profissional (Cefor) da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF).

Na região de Santa Maria, 23 agricultores e trabalhadores rurais participam do curso de Manejo de Agrotóxicos. O objetivo é ensinar o correto uso desses produtos, de forma a aumentar a eficácia no controle de pragas, utilizando tecnologias adequadas de aplicação e seguindo as orientações da Norma Regulamentadora 31, legislações ambientais e de proteção ao consumidor.

Segundo o extensionista Antonio Dantas, “os produtores também aprendem que o agrotóxico não é a única solução para o controle de pragas, bem como a importância do armazenamento e destinação correta das embalagens dos produtos”.

Já na região da Ceilândia e do Incra 9, 19 agricultores participam do curso “Como Ganhar Mais Dinheiro com Irrigação Eficiente”. Durante a capacitação, extensionistas da empresa apresentam formas mais adequadas de utilizar a água para irrigar lavouras, de forma que o produtor economize recursos financeiros e ainda utilize a água de forma racional.

Nesta quarta-feira (29), na cozinha do Banco de Alimentos, na Ceasa, o técnico em agroindústria da Emater-DF Flávio Bonesso ministrará o curso de filetagem de peixe, a partir das 8h30. O objetivo é que produtores aprendam sobre a importância dos aspectos de higiene e sanidade, bem como aprendam na prática a técnica de filetagem para agregarem valor aos peixes produzidos nas propriedades. Estão inscritos 17 produtores no curso.

De acordo com Bonesso, o curso tem duas etapas. “Incialmente, apresentaremos noções básicas de Boas Práticas de Fabricação e, na parte prática, vou repassar uma técnica de filetagem de tilápia para agregar valor ao pescado. Depois, finalizaremos com a preparação de um prato de isca de tilápia ao molho de maracujá, arroz e pirão de tilápia”, conta.

Emater-DF

Empresa pública que atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 150 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar