Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Em Santa Maria, PRF recupera carro roubado há dez anos

Dona de veículo que foi clonado contou à polícia que estava cansada de receber multas relativas ao seu carro

Foto: Divulgação/PRF

Mateus Souza
[email protected]

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou, na noite dessa segunda-feira (17), um GM Classic que havia sido roubado em 2011. O veículo usava placa clonada, fazendo com que uma mulher recebesse multas que não foram cometidas por ela, durante nove anos. A PRF localizou o carro na BR 040, em Santa Maria (DF), e a condutora foi detida.

A dona do veículo clonado procurou a PRF na última sexta-feira (14) e pediu ajuda aos policiais. A mulher contou à polícia que estava cansada de receber multas relativas ao seu carro. Ela procurou diversos órgãos públicos, mas as notificações continuaram chegando em seu endereço.

Com a certeza de que não havia cometido tais infrações, a mulher passou a suspeitar que seu veículo havia sido clonado. Além disso, em 2016, o Certificado de registro e licenciamento de veículo (CRLV) do carro chegou a ser entregue a outra pessoa pelo DETRAN, mas ela não descobriu a quem foi.

A mulher denunciou o caso e acionou a PRF, que passou a averiguar os horários e locais das multas. Com isso, a equipe conseguiu localizar o veículo ilícito. Após abordagem, verificaram que o carro estava com sinais identificadores adulterados e que tratava-se de um GM Classic que havia sido roubado no Distrito Federal, em 2011. Conforme as suspeitas, o veículo utilizava a mesma placa do carro da denunciante.

A condutora, de 33 anos, informou aos policiais que comprou o carro de um morador de Luziânia e que pagou R$ 8 mil. Ela alegou que não sabia que o veículo era roubado e achou que o preço estava baixo porque havia muitas dívidas relativas à documentação. A condutora foi presa e vai responder por receptação. O flagrante foi registrado na 20a DP, no Gama (DF), para onde o veículo roubado foi encaminhado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar